Sua tarefa planejada por Deus

Se alguém quiser acompanhar-me [… ] tome diariamente a sua cruz e siga-me. Lucas 9. 23

A frase “tome a sua cruz” não se deu muito bem através das gerações. Peça uma definição e você ouvirá respostas como “minha cruz é o meu trabalho ou meu chefe mal-humorado”. Presumimos que a cruz é qualquer aflição constante ou incômodo pessoal. Deus, pensamos nós, distribui cruzes como um guarda distribui pás aos condenados a trabalhos forçados. Ninguém quer receber aquilo. Todo mundo recebe a sua. Todo mundo tem uma cruz para carregar, e nós, do mesmo modo, precisamos nos acostumar a isso.

Vamos falar sério. Jesus está reduzindo a cruz a incômodos ou dores de cabeça? A cruz significa muito mais do que isso. É a ferramenta de Deus para a redenção, instrumento de salvação – prova de seu amor pelas pessoas. Tomar a cruz, portanto, é carregar o fardo de Cristo pelas pessoas do mundo. Ainda que nossas cruzes sejam similares, nenhuma delas é idêntica.

Cada um tem a própria cruz para carregar uma tarefa projetada por Deus. Ela combina com nossas paixões e faz uso de nossos dons e talentos. E serve para nos aperfeiçoar, a fim de que sejamos úteis no testemunho e glorificação do nome do Senhor!