Seguir por outro caminho…

Leitura do Dia: Is 8:1-15

 

“O Senhor Deus pôs a sua poderosa mão sobre mim e avisou a mim e aos meus seguidores que não andássemos no caminho que o povo estava seguindo” Is 8:11

 

Como é bom andar no caminho certo!

Deus alertou o profeta Isaías e pediu que o seu povo seguisse por outro caminho, diferente daquele pelo qual seguiam. Como representante do Senhor, o profeta chamou Israel ao arrependimento. Não deu certo! O povo seguiu pelo caminho errado.

Também hoje, muitas pessoas não ouvem o que a Bíblia diz e seguem sua própria rota. Continuam afastando-se de Deus e encaminhando-se para a morte. Mas, será que existe um outro caminho para o ser humano?

É claro que sim. Jesus mesmo diz que ele é o caminho, a verdade e a vida (João 14.6). Esta é a melhor opção de todas, pois leva-nos direto à casa do Pai.

As palavras de Isaías também servem para nós. Assim como ajudava o povo de Israel a encontrar o caminho certo, Deus quer auxiliar a nós para que não nos percamos. Por isso, não tenha medo, siga o caminho proposto por Jesus e o seu destino será a vida, aqui e na eternidade. Ao invés de condenação e castigo, você receberá as bênçãos que o Senhor tem preparado para aqueles que andam no caminho da salvação. Para permanecer na rota certa, leia e estude mais e mais a Sagrada Escritura. Viva em comunhão com os irmãos de fé na sua Igreja, ouça a Palavra de Deus, participe da Ceia do Senhor. Você sentirá como, dia a dia, os seus caminhos vão se aclarando e os seus passos tornam-se mais seguros. Você se sentirá melhor, sua família será mais feliz e o mundo em sua volta terá mais paz.

Oremos:

Querido Deus e amado Pai, orientado pela Bíblia Sagrada, eu quero seguir sempre pelos teus caminhos. Não permitas que eu me desvie de ti orientando-me por pessoas que não dão ouvidos aos teus ensinamentos. Ouve e atende a minha oração, em nome de Jesus. Amém

Fonte: Casa Forte

Anúncios

Silêncio: melhor atitude na injustiça!

“Jesus, porém, não respondeu palavra…” Mc 15:5

Não há na Bíblia um quadro mais tocante que o do Salvador em silêncio, sem responder palavra alguma aos que o injuriavam, os quais ele poderia ter feito cair prostrados a seus pés com apenas um  olhar ou uma só palavra de repreensão. Mas ele os deixou falar e fazer o pior, e ali ficou no poder do silêncio de Deus – o mudo Cordeiro de Deus.

Há um silêncio que deixa Deus operar por nós; o silêncio que pára com os próprios planos e a auto-reivindicação, com os próprios recursos de sabedoria e com suas previsões, e deixa que Deus proveja e responda ao golpe cruel, segundo o seu amor fiel e infalível.

Quantas vezes perdemos a intervenção de Deus porque tomamos nas mãos a nossa própria causa e avançamos em nossa defesa. Que Deus nos dê este poder de guardarmos silêncio; e também nos dê este espírito manso! – A. B. Simpson

 

Tomaram o Salvador, e amarrado o levaram

Como o banco dos réus, e, vis, o interrogaram;

E com astúcia mordaz, torpemente o acusaram.

Jesus, porém, não respondeu palavra.

 

De púrpura o vestiram e o coroaram de espinhos;

“Salve, Rei dos judeus!’: lhe exclamaram escarninhos;

Maltrataram-no ali segundo os seus caminhos

Jesus, porém, não lhes falou palavra.

 

De Deus a ovelha muda, em mão dos tosquiadores,

O Justo do Senhor, em mão dos malfeitores,

O Cordeiro de Deus, que salva os pecadores

Jesus, ali, não respondeu palavra.

 

Olha pois a Jesus, amigo, se és tentado

A tomar a defesa e agir, se mal julgado

Deixa o assunto com o Pai, se és sem culpa acusado

Teu Salvador não respondeu palavra!

Fonte: Manaciais no Deserto