[e-News] Próxima novela das 9 da Globo terá personagem evangélico: “Falarei com amor”, diz autor

mundonovelas_Walcyr Carrasco terá casal gay com filha e um vilão bissexual em sua nova novela (ÚLTIMAS NOTÍCIAS)

Aparentemente, o pedido de pastores evangélicos e os boicotes feitos através das redes sociais levaram os autores de novela da Globo a considerarem a hipótese de um personagem evangélico sem caricaturas.

Walcyr Carrasco, autor responsável pela próxima novela do horário das 21h00, reclamou no Twitter dos protestos contra as atrações da emissora, e defendeu espaço para os autores: “Vamos lutar por liberdade de criação. Digam não à campanha contra o #Canto da Sereia”, publicou.

Em seguida, Carrasco revelou parentesco com evangélicos e afirmou que crê no poder da fé, e que irá falar de maneira simpática sobre os segmento na próxima novela.

“Meu tio era pastor presbiteriano e meu primo missionário na África. Falarei com amor sobre os evangélicos. Seja católico, evangélico, budista, espírita ou rosacruz como eu, a fe transforma. É sobre isso que vou falar na novela”, escreveu.

twitter-walcyr-carrasco

A novela que Walcyr está escrevendo se chamará “Em Nome do Pai”, e estreia logo após o término de Salve Jorge. De acordo com o autor, a história se baseará num triângulo amoroso: “O Paulo Vilhena vai ter uma das tramas mais originais da novela, em triângulo com a Danielle Winits e o Marcelo Anthony, se Deus quiser”.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

 

 

[e-News] Rede Globo comenta protestos de evangélicos contra Salve Jorge

Para a emissora carioca o folhetim não trata sobre espiritualidade e nem faz apologia ao lesbianismo.

A Rede Globo de Televisão comentou sobre os protestos de evangélicos que armaram o boicote da novela “Salve Jorge”, tentando explicar a trama e a ligação que um dos personagens teria com São Jorge.

A resposta veio a pedido do site Vírgula LifeStyle que procurou a emissora para dar sua posição oficial em relação a tentativa de boicote que fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus e outros evangélicos tentam promover nas redes sociais.

Para os religiosos a trama venera ogum e ainda faz apologia ao lesbianismo, fatos que a emissora refuta tentando explicar o ponto de vista da autora, Glória Perez.

(Clique na imagem para aumentá-la)

“A novela não fala de São Jorge, fala do mito do guerreiro, figura existente em qualquer cultura, religiosa ou não. A única coisa que aparece de São Jorge é o fato de ele ser o padroeiro da cavalaria. É por isso que o personagem de Rodrigo Lombardi é devoto dele, pois pede proteção a cada ação. Com o decorrer da novela no ar isso ficará evidente para todos os grupos”.

Os responsáveis pelo site “Exército Universal” que criou o boicote na internet disseram que a intenção era apenas alertar os fiéis da IURD sobre os males que essa novela pode trazer. “Nossa intenção não foi ‘boicotar’, nossa intenção foi alertar ao povo da IURD (Igreja Universal do Reino de Deus) e aos evangélicos sobre a novela que vai fazer referência ao santo católico, algo contrário à fé dos evangélicos”.

Outro assunto criticado pelos membros da Igreja Universal é sobre a apologia ao homossexualismo, já que a atriz Vera Fischer deu declarações dizendo que a sua personagem terá relações com outras mulheres, sem contar a presença de Thammy Gretchen que interpretará uma policial masculinizada na história.

Porém, a emissora nega que fará apologia ao lesbianismo e garante que não haverá referências a esse assunto na novela. “Não há sequer referência a lesbianismo na trama”.

Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/rede-globo-protestos-evangelicos-salve-jorge/