[e-News] Direção da Emissora Canção Nova em Cachoeira Paulista: Afastamento do Padre Fábio de Melo do Programa Direção Espiritual

padre

No Site AVAAZ.ORG foi lançada a Petição à favor da retirada do Padre da Canção Nova!

Confira abaixo:

Por que isto é importante

Tendo em vista grandes heresias ditas pelo padre Fabio de Melo, cremos que ele, não obstante tenha um curriculum acadêmico brilhante, não tenha qualificação para dar direção espiritual.Fundamentando o pedido:

Padre Fábio de Melo nega a natureza divina da Igreja, dizendo que Cristo queria implantar o Reino de Deus na Terra. Isso é Teologia da Libertação já condenada pela Sé Apostólica, com a nuança de que a Igreja foi criação de homens e não de Cristo, Literalmente o padre disse:

“Jesus não queria a Igreja, queria o Reino de Deus, mas a Igreja foi o que conseguimos dar a Ele”.
.
Ele também relativiza a presença real de Cristo na Eucaristia, dizendo que:

“O que é a presença real?[ …] O pão e o vinho somente? Não.”

A presença real de Cristo é apenas na Eucaristia, sem embargo à onipresença de Cristo, no entanto, corpo, alma e divindade de Cristo estão presentes apenas na Eucaristia.(Veja aqui um Estudo Bíblico que refuta essa heresia!)

O Código de Direito Canônico condena essa relativização com pena máxima:

884. Cân. 2. Se alguém disser que no sacrossanto sacramento da Eucaristia fica a substância do pão e do vinho juntamente com o corpo e o sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo; e negar aquela admirável e singular conversão de toda a substância de pão no corpo, e de toda a substância do vinho no sangue, ficando apenas as espécies de pão e de vinho, que a Igreja com suma propriedade (aptissime) chama de transubstanciação — seja excomungado [cfr. n° 877].

Também faz apologia ao Socialismo, como na entrevista ao Instituto Humanitas Unisino:

“A proposta de Jesus é socialista, né? O socialismo tem sido mal interpretado. Bem aplicada, sem os exageros da antiga União Soviética, a proposta socialista só edifica.”

Ocorre que desde Pio X, passando por Leão XII, PIo XII, Paulo VI, João XXIII, dentre outros, o comunismo e Socialismo sempre foram doutrinas condenadas, de modo que João XXIII disse que ao católico não é admitido “nem o socialismo moderado”.

Outro ponto que merece ser observado é a falta de zelo pelo sacerdócio, de modo que, tanto em apresentações, quanto no dia-a-dia, quanto em programas de TV, o sacerdote não usa vestes clericais. Ocorre que é norma disciplinar que obriga o sacerdote a se vestir de forma diferente da dos leigos, utilizando a batina, ou camisa com colarinho romano, sendo utilizado o clergyman em qualquer situação. Não é norma facultativa, mas obrigatória a utilização de roupa distinta da que os leigos utilizam. Isso não é observado e é pregado abertamente que “o hábito não faz o monge”, mas a falta de clergyman, com certeza, faz um sacerdote desobediente.

Enfim, por todos os danos causados à Igreja, pregando abertamente a Teologia da Libertação, necessário que seja afastado do programa Direção Espiritual, bem como cesse de pregar o que a Igreja não ensina, permitir o que a Igreja proíbe, voltando à plena comunhão com o Papa, com os bispos do mundo inteiro, fazendo aquilo que a Igreja do mundo todo faz.

Fonte: AVAAZ

SUPLEMENTO
.
O Padre também condenou a Idolatria a Maria! Confira o vídeo abaixo:
Anúncios

[Mariolatria] Resposta ao Marcelo!

A Paz do Senhor amado!

Fico feliz pelo retorno e pela argumentação bíblica! Isso demonstra a sua preocupação em estar plenamente na Palavra de Deus! Deus conhece o meu e o seu coração e é o único que pode nos guiar à luz de toda verdade! Que estejamos abertos à ação do Espírito Santo à medida que a sua Verdade for expressa!

Vamos realmente nos apegar ao que está escrito na Palavra, por isso estarei a seguir arguindo o seu comentário! Como a Bíblia nos pede a estar preparados a fazer! Está escrito:

“Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade. “2 Timóteo 2:15

Você escreveu:

“Quando vcs citam: “Bendito é o fruto do vosso ventre”, de propósito não colocam “JESUS”, como nós rezamos, para parecer que nós excluímos jesus, nosso Senhor.”

Não ficou bem claro o que você queria dizer, mas o que compreendi foi que, quando lemos essa passagem na Bíblia(pois nós considerados “evangélicos” não oramos a Maria), nós removemos o nome de Jesus!

Amado, não removemos nada! Está escrito:

“E exclamou com grande voz, e disse: Bendita és tu entre as mulheres, e bendito o fruto do teu ventre.” Lucas 1:42

A Exortação que fazemos não é sobre ter Jesus ou não na “Reza”, aliás, nós nem a fazemos! A crítica está em se orar para Maria! É antibíblico direcionar orações a Maria! Devemos direcionar as nossas orações a Deus, o Pai(até a Jesus está errado)! Deve-se terminar a oração em nome dEle! Ele mesmo nos ensinou a orar no Sermão da Montanha e outras passagens! Ele disse:

“E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos.” Mateus 6:7

Inicialmente, Jesus critica o ato de repetir o mesmo pedido, ou oração, o tempo todo! Basta fazer isso uma vez e pronto! O que acontece quando se ora o “terço”? Além de se orar também a Maria(que é antibíblico), ocorre “vãs repetições”, pois se repete as orações inúmeras vezes! Oração é mais uma conversa, um diálogo com Deus do que “recitar mantras”! Jesus continua:

“Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome;

Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; O pão nosso de cada dia nos dá hoje; E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores; E não nos induzas à tentação; mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém.”  Mateus 6:9-13
.
Essa é uma “oração modelo”! Jesus estava ensinando como orar! Ele não estava ordenando orar somente com essa oração! E muito menos ficar repetindo ela incessantemente! Isso faz com que ela entre dentro do contexto de “vãs repetições”!Jesus ordena que direcionemos as nossas orações ao Pai! Direcionar as orações, até, a Jesus é errado! Não foi o que ele ensinou! Com relação a ele mesmo, Jesus disse posteriormente:
.

“Na verdade, na verdade vos digo que tudo quanto pedirdes a meu Pai, em meu nome, ele vo-lo há de dar.

Até agora nada pedistes em meu nome; pedi, e recebereis, para que o vosso gozo se cumpra.”  João 16:23-24
.
Então toda oração deve ser dirigida ao Pai em nome de Jesus! Você apresenta diante de Deus, o Pai, seus pecados, suas lutas, angústias, necessidades, gratidão, intercessão por todos, etc… e termina essa oração em nome de Jesus! Essa é a forma bíblica de orar! E não vãs repetições! Muito menos feitas à nossa amada irmã Maria!

.
Continuando, você escreveu:
.
“Quanto às imagens de anjos e santos, elas são para homenagear os servos do Senhor e são objetos consagrados ao Senhor, Pai, Filho e Espírito Santo. E elas estão no lugar certo. Errado é quando são usadas em seitas pagãs. Ou quando o cristão católico não frequenta a igreja e realmente se afasta de Jesus, dos seus ensinamentos, tendo “” num santo protetor.
.
Tem uma palavra, salmos 28,2 e 95,9 que diz: “Adorai o Senhor com ornamentos sagrados”. Então. As imagens da Arca da Aliança, as do teplo de Salomão 2Cro 3:10-13;4:3,4; 5:7,8 ( querubins e até bois) e as imagens dos servos de Jesus e do próprio Senhor, fazem parte destes ornamentos sagrados”
.
Parabéns!! Louvado seja o Senhor! O erro é justamente esse mesmo! E, infelizmente, é o mais difundido! Muitos crêem, dependem, são devotos mais desses “santos” do que do próprio Jesus! Aí é que se manifesta a IDOLATRIA, condenada na Bíblia, pois devemos depender única e exclusivamente de Deus por Cristo Jesus! Qualquer coisa além disso, constitui-se IDOLATRIA! Inclusive depender de nossa irmã Maria! O que acontece e muito, inclusive com manifestações de louvor e adoração a ela, com procissões, rezas e cânticos! Isso é antibíblico! Está escrito:
.
“Eu sou o SENHOR; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura.”  Isaías 42:8
.
“Congregai-vos, e vinde; chegai-vos juntos, os que escapastes das nações; nada sabem os que conduzem em procissão as suas imagens de escultura, feitas de madeira, e rogam a um deus que não pode salvar.” Isaías 45:20
.
Sabemos que Maria não é uma Deusa, mas sim é um ser humano, como nós e que também precisa da intercessão de Jesus pra ser salva, como todos os seres humanos que nasceram! O único que nasceu sem pecado, foi Jesus! Milagre! E, até 1854, todos os Católicos entendiam e aceitavam isso! Então foi criado o Dogma da Imaculação de Maria! Isso é ensino humano e não Divino! A Bíblia diz:
.

“Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus.”  Romanos 3:23-24

.
“Não há um justo, nem um sequer.Não há ninguém que entenda; Não há ninguém que busque a Deus. Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um.” Romanos 3:10-12
.
Até mesmo Maria sabia que era pecadora e precisava da redenção em Cristo, pois, quando foi apresentar Jesus no Templo, sacrificou primeiro pelos seus pecados, como Deus havia ordenado! Está escrito:
.
“(Segundo o que está escrito na lei do Senhor: Todo o macho primogênito será consagrado ao Senhor);E para darem a oferta segundo o disposto na lei do Senhor: Um par de rolas ou dois pombinhos.” Lucas 2:23-24
.
Porque um par de pombas? Porque eles eram pobres! Está escrito:
.
“Fala aos filhos de Israel, dizendo: Se uma mulher conceber e der à luz um menino, será imunda sete dias, assim como nos dias da separação da sua enfermidade, será imunda.E no dia oitavo se circuncidará ao menino a carne do seu prepúcio.
.
Depois ficará ela trinta e três dias no sangue da sua purificação; nenhuma coisa santa tocará e não entrará no santuário até que se cumpram os dias da sua purificação.
.
Mas, se der à luz uma menina será imunda duas semanas, como na sua separação; depois ficará sessenta e seis dias no sangue da sua purificação.
.
E, quando forem cumpridos os dias da sua purificação por filho ou por filha, trará um cordeiro de um ano por holocausto, e um pombinho ou uma rola para expiação do pecado, diante da porta da tenda da congregação, ao sacerdote.
.
O qual o oferecerá perante o SENHOR, e por ela fará propiciação; e será limpa do fluxo do seu sangue; esta é a lei da que der à luz menino ou menina.
.
Mas, se em sua mão não houver recursos para um cordeiro, então tomará duas rolas, ou dois pombinhos, um para o holocausto e outro para a propiciação do pecado; assim o sacerdote por ela fará expiação, e será limpa.” Levítico 12:2-8
.
Isso, por si só, DERRUBA o dogma criado em 1854 da IMACULAÇÃO DE MARIA! Maria ficaria triste ao ver tanta IDOLATRIA na Igreja de Cristo em seu nome! Ela sabia que precisava de Salvação, por ser também uma Pecadora! Por isso, ao cantar, Ela disse:
.
“A minha alma engrandece ao Senhor, E o meu espírito se alegra em Deus meu Salvador;”  Lucas 1:46-47
.
Portanto, não devemos ter Fé em nenhum “Santo Protetor” e nem em nossa irmã Maria!
.
Você também escreveu:
.
“Li os seus estudos bíblicos e vi que quase todas as passagens que vc citou são do Antigo Testamento. Por sinal os saduceus do tempo de Jesus se basearam nelas para não crer na ressurreição dos mortos.
.
Ainda bem que você colocou o “quase”! rsrsrs… Amado, a Bíblia é uma UNIDADE! Ela se soma, acrescenta e NUNCA se contradiz! Citei o Antigo e Novo Testamento mostrando essa UNIDADE! Inclusive mostrei a posição de Jesus em relação a Morte, quando citei as passagens sobre a Morte de Lázaro! E a posição de Jesus foi concordante com aquela apresentada no Antigo Testamento, i.e., quando morremos, entramos num estado de inconsciência, como um sono sem sonhos, até a ressurreição! Jesus disse:
.
“Lázaro, o nosso amigo, dorme, mas vou despertá-lo do sono.
.
Disseram, pois, os seus discípulos: Senhor, se dorme, estará salvo.
.
Mas Jesus dizia isto da sua morte; eles, porém, cuidavam que falava do repouso do sono.
.
Então Jesus disse-lhes claramente: Lázaro está morto;”  João 11:11-14
.
Jesus mesmo considerou a Morte, como um sono! Assim como Lucas, ao se referir a morte de Estevão e Davi, escreveu:
.
“E, pondo-se de joelhos, clamou com grande voz: Senhor, não lhes imputes este pecado. E, tendo dito isto, adormeceu.” Atos 7:60
.
“Porque Davi, na verdade, havendo servido a sua própria geração pela vontade de Deus, dormiu e foi depositado junto a seus pais e experimentou corrupção.” Atos 13:36
.
Paulo por várias vezes considerou também a Morte como um SONO. Está escrito:
.
“Por causa disto há entre vós muitos fracos e doentes, e muitos que dormem.”1 Coríntios 11:30
.
“Depois foi visto, uma vez, por mais de quinhentos irmãos, dos quais vive ainda a maior parte, mas alguns já dormem também.”1 Coríntios 15:6
.
“E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados.
.
E também os que dormiram em Cristo estão perdidos.”  I Coríntios 15:17-18
.
“Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados;”1 Coríntios 15:51
.
“Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança.
.
Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele.
.
Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem*.
.
Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e *os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.
.
Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.” 1 Tessalonicenses 4:13-17
.
Deu para perceber que Paulo, João, Lucas, e também Marcos e Mateus têm a mesma posição, pois ao escreverem as Palavras de Jesus nos Evangelhos se expressaram da mesma forma em relação a morte! Está escrito:
.
“E todos choravam e pranteavam; ele, porém, disse: Não choreis; ela não está morta, mas dorme.” Lucas 8:52
.
“disse; Retirai-vos; porque a menina não está morta, mas dorme. E riam-se dele.” Mateus 9:24
.
“E, entrando, disse-lhes: Por que fazeis alvoroço e chorais? a menina não morreu, mas dorme.” Marcos 5:39 .
.
Será que todos estariam equivocados?? Amado, já lhe disse e vou repetir que não há CONTRADIÇÕES na Bíblia! Creio que agora citei versos suficientes do Novo Testamento que se somam aos já mencionados do Antigo Testamento no Estudo que você referiu!
.

Continuando, você escreveu:.
.
“E da forma que o sr. usa Eclesiastes 9:4-6, está rejeitando o que Jesus disse a respeito da ressurreição: “eis o vosso galardão”; até mesmo um copo d’água que vos derem por serem meus dissípulos (não ficará sem recompensa); julgamento das obras boas (amor) e más; da vida eterna… Porque olha só o Eclesiastes: “…nem tampouco eles terão recompensa… “…também seu amor já pereceu; não terão mais parte alguma para o futuro”. Futuro, após a morte, também inclui a vida eterna, com recompensas, amor e felicidade, …sabedoria.Ou a condenação.
Porém, o que eu estou dizendo? Que aquelas passagens se referem à vida natural. Tipo: Nascer, viver e morrer; morto não fala; voltou ao pó.
Por isso o contexto termina: “…no que se faz debaixo do Sol”. Ou seja,não se refere a alma.”

.
Amado, a passagem em Eclesiastes refere-se ao Estado da Morte até a Ressurreição! Como você(Louvado seja o Senhor) interpretou bem, com um adendo, ao dizer: aquelas passagens se referem à vida natural. Tipo: Nascer, viver e morrer; morto não fala; voltou ao pó. Por isso o contexto termina: “…no que se faz debaixo do Sol” Qual é o adendo? Sempre quando Salomão fala “debaixo do Sol” está se referindo à nossa Dimensão Temporal, já quando cita “debaixo do Céu” está se referindo à Dimensão da Eternidade!
.
Enquanto não ocorrer a Ressurreição ninguém será julgado, portanto não terá recompensa, ou punição, nenhuma! Enquanto os mortos estiverem “mortos”, ou seja, “dormindo” não receberão nada! Eles estão aguardando serem “despertados”, ou melhor, RESSUSCITADOS na primeira ou segunda Ressurreição dependendo do que “optaram” enquanto vivos! Então seremos recompensados segundo as nossas obras! Está escrito:

“a obra de cada um se manifestará; pois aquele dia(na Ressurreição) a demonstrará, porque será revelada no fogo, e o fogo provará qual seja a obra de cada um.

Se permanecer a obra que alguém sobre ele edificou, esse receberá galardão. ” 1 Coríntios 3:13-14
.
Jesus disse no fim do Livro de Apocalipse:
.
“Eis que cedo venho e está comigo a minha recompensa, para retribuir a cada um segundo a sua obra.” Apocalipse 22:12
.
O Grande Problema está na sua compreensão de Alma! Você foi instruído, segundo o que Augustinho ensinou! Este entendeu ao estudar Platão que o ser humano tem uma alma imortal! Isso é antibíblico! Somente Deus é imortal! Essa é uma qualidade dEle! E só a receberemos no momento da Primeira Ressurreição! Está escrito:
.
“Ora, ao Rei dos séculos, imortal, invisível, ao único Deus sábio, seja honra e glória para todo o sempre. Amém.” 1 Timóteo 1:17
.
“Aquele que tem, ele , a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver, ao qual seja honra e poder sempiterno. Amém.”1 Timóteo 6:16
.

“Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados;

.
Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.
.
Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade.
.
E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória. ” 1 Coríntios 15:51-54
.
Receberemos a Imortalidade no momento da Ressurreição! Na Bíblia a “Alma” possui 3 significados: pessoa, vida e coração! E você só consegue perceber isso de acordo com o Contexto Imediato, i.e., os versos anteriores e posteriores, onde ela aparece! Vejamos uns exemplos:
.
PESSOA
.
“Todas as almas, pois, que procederam da coxa de Jacó, foram setenta; José, porém, já estava no Egito.” Êxodo 1:5
.
“Estes são os filhos de Raquel, que nasceram a Jacó, ao todo catorze almas.” Gênesis 46:22
.
“e os filhos de José, que lhe nasceram no Egito, eram duas almas. Todas as almas da casa de Jacó, que vieram para o Egito eram setenta.” Gênesis 46:27
.
Será que, nos versos acima, almas se refiram a pessoas desencarnadas, ou seja, fantasmas? Claro que não! São pessoas! Existe pelo menos um exemplo no Novo Testamento! Está escrito:
.
“Éramos ao todo no navio duzentas e setenta e seis almas.” Atos 27:37
.
VIDA
.

“Porque a vida da carne está no sangue; pelo que vo-lo tenho dado sobre o altar, para fazer expiação pelas vossas almas; porquanto é o sangue que fará expiação pela alma.” Levítico 17:11

“Porquanto a vida de toda a carne é o seu sangue; por isso tenho dito aos filhos de Israel: Não comereis o sangue de nenhuma carne, porque a vida de toda a carne é o seu sangue; qualquer que o comer será extirpado.” Levítico 17:14

.
Noutras traduções, inclusive a Católica está escrito:
.
“Pois a alma da carne está no sangue, e dei-vos esse sangue para o altar, a fim de que ele sirva de expiação por vossas almas, porque é pela alma que o sangue expia. Levítico 17:11
.
“Porque a alma de toda carne é o seu sangue, que é sua alma. Eis por que eu disse aos israelitas: não comereis sangue de animal algum, porque a alma de toda carne é o seu sangue; quem o comer será elimitado.” Levítico 17:14
.
Nos exemplos acima, vemos, pelo menos, dois significados para “alma”: pessoa e vida!
.
CORAÇÃO
.
“Tendo Davi acabado de falar com Saul, a alma de Jônatas apegou-se à alma de Davi, e Jônatas começou a amá-lo como a si mesmo.” 1 Samuel 18:1
.
“Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas.” Mateus 11:29
.
Em nenhum momento na Bíblia, a palavra “alma” está relacionada com alguém já morto! Quem acredita na “imortalidade e consciência da alma depois da morte”, acaba negando a Ressurreição, pois esta ocorrerá com os corpos dos mortos e dos que estiverem vivos! Pra que ressucitar mortos, se “aparentemente” eles já estejam vivos no céu? Porque Jesus ressucitaria Lázaro, se ele já estava lá no Céu batendo um papinho com Deus e todos os demais salvos? Marta mesma entendia que Lázaro, seu irmão, iria ser Ressuscitado na Primeira Ressurreição, pois disse:
.
“Disse-lhe Marta: Eu sei que há de ressuscitar na ressurreição do último dia.” João 11:24
.
Quando Jesus disse:
.
“Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá;” João 11:25
.
Viverá, quando ele voltar(no Futuro!)! Ele estava se referindo à Primeira Ressurreição dos Mortos, pois, como já expliquei anteriormente, todos os que dormirem em Cristo, ou seja, morrerem em Cristo, serão ressuscitados para a Vida Eterna! Enquanto Jesus não volta, os mortos estão aguardando esse momento! É sob a mesma perspectiva de Ressurreição que ele conclue:
.
“E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá.” João 11:26
.
Quem tiver o privilégio de estar vivo para ver o Retorno de Jesus em Glória e Poder, não verá a morte! O que Ele quis dizer nos versos 25 e 26 foi o seguinte: “Aquele que morreu, quando eu voltar, será será ressuscitado. E todo aquele que estiver vivo será transformado, isto é,  revestido de imortalidade”. Por isso, NUNCA morrerá!
.
Você disse:
.
“É melhor dar mais atenção ao Novo Testamento no qual o próprio Jesus disse: “os antigos vos disseram aquilo…, Eu poré vos digo isto(*)…”.
.
Creio que dei mais atenção agora! 🙂
(*)CUIDADO: o exemplo que você está citando acima não inclue o “aspecto da morte”! Leia o Sermão da Montanha e verá que lá Jesus não falou nada sobre a Condição dos Mortos! No entanto, quando Lázaro morreu(Jo 11), ele disse claramente, como já foi explanado anteriormente!
.
E, como tem percebido, mencionar novos versículos do Novo Testamento em nada mudou! Apenas se SOMOU, aumentou as argumentações que já tinha exposto em outros Estudos, pois a Bíblia não se contradiz! Ela se confirma!
.
Você citou:
.
“Vós, ao contrário, vos aproximastes…da Jerusalém Celestial, das miríades de anjos, …e de Deus, Juiz universal, (e das almas dos justos que chegaram à perfeição),
enfim, de Jesus, Mediador da Nova Aliança…”Heb 12: 22-24.
.
Nessa passagem o autor de Aos Hebreus faz uma comparação entre a Aliança feita pelos Israelitas e a Aliança que a Igreja faz por intermédio de Cristo, onde somos primogênitos! Todos que estão inscritos no Livro da Vida passarão pela Glorificação do corpo atingindo, assim, a Perfeição prometida! Isso ainda não aconteceu, pois a Primeira Ressurreição não aconteceu, mas sabemos que irá, pois Jesus foi/é a Primícia dos que irão ser Ressuscitados e, consequentemente, Glorificados. Está escrito:
.
“Porque, assim como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo.
Mas cada um por sua ordem: Cristo as primícias, depois os que são de Cristo, na sua vinda. Depois virá o fim,” 1 Coríntios 15:22-24
.
João escreve:
.

“Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a ele.

Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos.” 1 João 3:1-2
.
Todos, mortos e vivos, estamos aguardando essa transformação que acontecerá na Primeira Ressurreição!
.
Você também citou:
.
“…Deus de Abraão, Deus de Isaac, Deus de Jacó. Ora, Deus não é Deus dos mortos, mas dos vivos porque todos vivem para Ele. Luc 20: 37,38. Tbm:Marcos 12:26,27; mat 22:32,33.”
.
Amado, todos que morreram até hoje, se morreram expressando Fé em Deus! Diante de Deus, estão vivos, pois não passarão pela Segunda Morte, a Morte Eterna! Por isso, ele diz que não é “Deus de mortos, mas sim de vivos”, pois no contexto, onde Jesus citou isso, estava falando com os Saduceus que não criam na Ressurreição! Esses versos de maneira alguma expressam que estejam conscientes em algum lugar! Apenas afirmam que todos(mortos ou vivos) que estiverem em Cristo receberão a Vida Eterna!
.
CUIDADO NOVAMENTE: “Todo texto, fora do contexto é pretexto para HERESIA”.
.
Continuando:
.
“,Hoje, estarás comigo no Paraíso”.Luc 23, 43.Li sobre a não existência da vírgula que o sr. citou. Mas tem algo estranho pq Jesus disse: “Não passará um (i) Das escrituras.” Então, como não teria vírgula?
.
Amado, expliquei bem isso no Estudo que você leu sobre o que acontece na morte! Novamente você está tirando o “texto de seu contexto” e está criando uma HERESIA! Jesus quando disse isso, não estava se referindo à pontuação, que nem existia! Mas sim, às Promessas e/ou Profecias que estão escritas no Antigo Testamento! TUDO será cumprido como Deus prometeu! É isso o que Ele está querendo insinuar!
.
Pergunte a qualquer pessoa, que tenha feito Teologia, se havia pontuação nos escritos originais, ou posteriores, em Grego! E você verá que não estou mentindo!
.

Por fim, nem preciso explicar novamente a Parábola do Rico e de Lázaro! Lá no Estudo está bem explicado e concorda com tudo que está aqui!Sobre o texto que você citou de Apocalipse! Amado… “nem o leite racional” você está conseguindo digerir e entender… imagine Apocalipse! Esse Livro é “Alimento Sólido” e somente os Maduros estão preparados para ele! Nenhum dos versos citados naquele Texto desabonam o que citei anteriormente!

.
Amado, se possível, releia tudo, inclusive os outros Estudos! O Estado na Morte é a maior evidência de que não existe “Intercessão de Santos” e muito menos de nossa Irmã Maria! Todos estão esperando a Primeira Ressurreição se realmente foram fiéis a Deus por Cristo! Não poderei ser mais detalhado que fui agora… Caso não compreenda, ore, estude a Bíblia e descanse em Deus!
.
Jesus o abençoe! Paz………

[Análise e Exortação] Além de Heresias, o Padre Paulo Ricardo disse que Protestantes são Otários!!

padre paulo

A Paz reine em todos os corações!!

Depois de assistir o vídeo do Pe. Paulo, resolvi fazer algumas ponderações à respeito daquilo que ele falou. Usando como base para argumentação a Bíblia Sagrada.

Desde já lhes informo que podem usar qualquer edição bíblica. Aconselho, aos amados Católicos, seguirem a argumentação, aqui exposta, em suas próprias Bíblias. Está escrito:

A Lei e ao Testemunho! se eles não falarem segundo esta palavra, nunca lhes raiará a alva.”
Isaías 8:20
“Onde não há Profecia, o povo se desvia; mas como é feliz quem obedece à lei“!
Provérbios 29:18

Jesus disse:

“Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam;”
João 5:39
“Jesus dizia, pois, aos judeus que criam nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos;E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.”
João 8:31-32

As palavras: “Lei”, “Profecia”, “Escritura” e “Palavra” referem-se à Bíblia, i.e., à Palavra de Deus. Jesus nos exorta a estudá-la, praticá-la, pois por meio dela seremos Salvos ao conhecer a Verdade. Ele disse:

“Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha;E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia;E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda.”
Mateus 7:24-27

Os que estudam e praticam são prudentes. Irão receber a vida eterna. Serão salvos no Juízo. Jesus chega enfatizar que apenas os que praticam a Palavra é que são verdadeiramente membros de sua Família. Está escrito:

“Mas, respondendo ele, disse-lhes: Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a executam.”
Lucas 8:21

Portanto há necessidade de aprendermos a Palavra, pois ela é que nos guiará à Verdade. Ela é a bússola para nos mostrar onde seguir. Os que não a conhecem são facilmente presos por vãs filosofias, ensinos… Está escrito:

“Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho.”
Sl 119:105

Feito esta breve introdução para ratificação do valor inerente da Palavra, vamos à análise da pregação do Pe. Paulo. Assista ao vídeo abaixo:

Como eu faço o download do vídeo? Siga os passos abaixo!

1) Inicialmente, clique no vídeo para dar incício.

2) Você verá, no canto superior esquerdo, a palavra “Share“. Clique nela.

3) Surgirá uma pequena Janela com 4 Botões. Clique em “Download Vídeo“.

4) Outra janela surgirá com as opções “Abrir com” e “Download“. Selecione “Download“, caso já não o esteja. E clique em “Ok“. Pronto! Agora é só esperar!


No tempo 1:12, ele diz:

Ela(maria) só irá modelar em mim o que Deus quer

Primeiro, tanto Maria quantos os demais irmãos, que são reverenciados pelos católicos, estão MORTOS. Portanto inconscientes. Assim, não há possibilidade de qualquer tipo de intercessão. Vejam um Estudo Bíblico à respeito do que acontece na Morte aqui!

Segundo, a Bíblia não afirma em lugar algum que Maria participa de nosso aperfeiçoamento espiritual. Quem faz isso é Deus, usando seu Santo Espírto através de sua Palavra. Está escrito:

“Com que purificará o jovem o seu caminho? Observando-o conforme a tua palavra.”
Sl 119:9
“Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade.”
João 17:17
“Purificando as vossas almas pelo Espírito na obediência à verdade(i.e. à Palavra)”
1 Pedro 1:22
“Sendo de novo gerados, não de semente corruptível, mas da incorruptível, pela palavra de Deus, viva, e que permanece para sempre.”
1 Pedro 1:23

Pelos versos acima, percebemos que a transformação ocorre à medida que vamos praticando a Palavra. Isso ocorre pela capacitação de Deus através seu Santo Espírito que nos foi outorgado. Está escrito:

“Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade.”
Filipenses 2:13

No tempo 1:32/2:35, ele diz:

“É o princípio Protestante. É o princípio do Orgulho./ É soberbo.”

Ele estava se referindo ao fato dos protestantes dizerem que têm livre acesso ao Pai, por meio de Jesus, sem a necessidade de Maria e dos Santos.

Ele frisa que isso é um DOGMA PROTESTANTE. O que demonstra falta de conhecimento bíblico, pois se trata de um PRINCÍPIO BÍBLICO. Está escrito:

“Visto que temos um grande sumo sacerdote, Jesus, Filho de Deus, que penetrou nos céus, retenhamos firmemente a nossa confissão.Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.”
Hebreus 4:14-16

Cheguemos com confiança ao Trono! Isso significa diante de Deus com Jesus como nosso intercessor. Noutra parte dessa mesma carta, está escrito:

“Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrar no santuário, pelo sangue de Jesus,Pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou, pelo véu, isto é, pela sua carne,E tendo um grande sacerdote sobre a casa de Deus,Cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé,”
Hebreus 10:19-22

Isso não é SOBERBIA ou ORGULHO! É mandamento bíblico!

No tempo 2:48, ele diz:

“E se Deus quer que você use outros? As criaturas humanas frágeis? O que você faz , oh otário?”

Tudo que Deus quer que façamos está escrito em sua Palavra. E nela não há qualquer mandamento para buscarmos qualquer outra fonte de intercessão que não seja o próprio Jesus. Ele é o nosso único Mediador( I Tm 2:5) e Advogado( I Jo 2:1).

A Bíblia também pede para que não saia palavra torpe de nossa boca, pois o que sai de nossa boca procede do coração. Está escrito:

“Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem.”
Efésios 4:29
“Mas eu vos digo que de toda a palavra ociosa que os homens disserem hão de dar conta no dia do juízo.Porque por tuas palavras serás justificado, e por tuas palavras serás condenado.”
Mateus 12:36-37
“Mas, o que sai da boca, procede do coração, e isso contamina o homem.Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias.São estas coisas que contaminam o homem”
Mateus 15:18-20

Jesus disse que pelos frutos conheceremos a árvore!

No tempo 4:34, ele diz:

O único Mediador é Jesus Cristo inteiro: A IGREJA

Ele faz uma confusão buscando justificar a mediação de Maria e dos Santos, pois todos fazem parte de Corpo Espiritual de Cristo.

Além dos Mortos estarem inconscientes (vide estudo aqui), o verso que diz respeito à mediação de Cristo é bem claro em afirmar a individualidade dEle nesse processo. Está escrito:

“Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.”
1 Timóteo 2:5

Está se referindo a Jesus como ser humano, como aquele que sozinho pagou o que devíamos, e não como o Deus, cabeça da Igreja!

No tempo 6:40, ele diz:

A Virgem Maria, como a Igreja inteira. Ela age na SALVAÇÃO do mundo

Meu Deus! Misericórdia….

Já sabemos que Maria não é Virgem, pois, além do nascimento de Cristo, ela teve outros filhos! (Ver outro estudo aqui)

Não há, em nenhum lugar da Bíblia, qualquer referência a co-participação de Maria, ou outro Santo, senão única e exclusivamente Jesus, na nossa SALVAÇÃO. Isso é HERESIA! Está escrito:

“Seja conhecido de vós todos, e de todo o povo de Israel, que em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, aquele a quem vós crucificastes e a quem Deus ressuscitou dentre os mortos, em nome desse é que este está são diante de vós.Ele é a pedra que foi rejeitada por vós, os edificadores, a qual foi posta por cabeça de esquina.E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos.”
Atos 4:10-12

Por fim, mais uma incoerência com as Sagradas Escrituras. No tempo 7:10, ele diz:

Esse corpo de Cristo, que é a Igreja, é GERADO por uma Mulher que se chama Maria

Fico preocupado, pois a grande maioria dos cristãos não lêem a Bíblia, então aceitam tudo que lhes é dito ou ensinado. Está escrito:

“Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito.”
1 Coríntios 12:13

A Bíblia ensina que é a presença do Espírito Santo em nós que dá origem ao corpo onde Cristo é a Cabeça.

Amados… fiz essa análise para ajudar os que ainda estão confusos! Meu conselho é que leiam a Bíblia em espírito de oração e com jejum se possível. Peça a Deus sabedoria do alto que Ele concederá!

Para os que quiserem argumentar, peço que usem a Bíblia como fundamento!

Não expressei aqui minha idéias ou conjecturas. Vejam que o fundamento de toda essa análise está na Palavra de Deus que deveria ser o Manual de Regra e Fé de todos que se dizem Cristãos.

Jesus disse: “Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos;

E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.”
João 8:31-32

Paz…
Arauto de Cristo

[Estudo Bíblico] Mariolatria – É bíblica a veneração à Maria? Ela é mesmo a Rainha do Céu e a Mãe de Deus?

Mariolatria


LEITURA BÍBLICA

“E, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré,

A uma virgem desposada com um homem, cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria.

E, entrando o anjo aonde ela estava, disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres.

E, vendo-o ela, turbou-se muito com aquelas palavras, e considerava que saudação seria esta.

Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus.

E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e por-lhe-ás o nome de Jesus.

E disse Maria ao anjo: Como se fará isto, visto que não conheço homem algum?

E, respondendo o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus.

Porque para Deus nada é impossível.

Disse então Maria: Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo ausentou-se dela.” Lucas 1:26-31,34-35, 37-38

ORIGEM

As primeiras ornamentações e pinturas nos templos cristãos sur­giram a partir do século III, a fim de representar o cenário e os fatos do texto bíblico. Já no século V, as imagens foram inseridas no contex­to das gravuras existentes e come­çaram a ser usadas como meio de instrução aos analfabetos, uma vez que muitos frequentadores dos cul­tos não tinham acesso a educação formal.

Entretanto, no Concílio de Nicéia (787 d.C.) foi oficializado a veneração às imagens e relíquias sagradas. Quase cem anos depois, em 880, a igreja estabeleceu a canonização dos santos. Desde en­tão, a Igreja Católica Romana ensi­na que para cada ocasião e dia da semana há um “santo protetor”. Em 1125, surgiram os primeiros ven­tos doutrinários concernentes a imaculada conceição de Maria – dogma definido em 1854(Vide Quadro 1). Em 1311, estabeleceu-se a oração da Ave-Maria e, somente em 1950, a assunção de Maria é transformada em artigo de fé.

INTRODUÇÃO

O culto a Maria é o divisor de águas entre católicos romanos e evangélicos. O clero romano con­fere a Maria a honra e a glória que pertencem exclusivamente ao Se­nhor Jesus. Essa substituição é con­denada nas Escrituras Sagradas e, como resultado, conduz o povo à idolatria. Reconhecemos o honro­so papel de Maria na Bíblia, como mãe de nosso Salvador, mas a Pa­lavra de Deus deixa claro que ela não é co-autora da salvação e mui­to menos divina. É, portanto, peca­do orar em seu nome, colocá-la como mediadora, dirigir a ela cânticos de louvor.

I.  O QUE É MARIOLATRIA? 

1. Idolatria.

O termo vem de duas palavras gregas: eidõlon, “ído­lo, imagem de uma divindade, di­vindade pagã” e latreia, “serviço sagrado, culto”. A idolatria é a for­nia pagã de adoração. Adorar e ser­vir a outros deuses são práticas condenadas pela Bíblia, no Decálo­go (Êx 20.3-5), e, também nas pá­ginas do Novo Testamento: “por­tanto, meus amados, fugi da idola­tria” (l Co 10.14).

 2. Adoração.

Os dois principais verbos gregos para “adorar”, no Novo Testamento, são proskynêo, que sig­nifica “adorar” no sentido de pros­trar-se; e latreuõ, que significa “ser­vir” a Deus. À luz da Bíblia, podemos definir adoração como serviço sagra­do, culto ou reverência a Deus por suas obras. Os principais elementos de um culto são: oração (Gn 12.8), louvor (SI 66.4), leitura bíblica (Lc 4.16,17), pregação ou testemunho (At 20.9) e oferta (Dt 26.10).

 3. O culto a Maria.

O termo “mariolatria” vem de Maria, forma grega do nome hebraico Miriã, e de latreia. A mariolatria é o culto ou a adoração a Maria estabelecidos pelo Catolicismo Romano ao longo dos séculos(Vide Quadro 1).

Quadro 1

A Bíblia ensina que é so­mente a Deus que devemos adorar (Mt 4.10; Ap 19.10; 22.8,9). Maria foi salva porque creu em Jesus e não meramente por ser a mãe do Messi­as (Lc 11.27,28). Somente a Deus devemos cultuar. “Ao Senhor, teu Deus, adorarás, e só a ele darás cul­to” (Mt 4. l O – Almeida Atualizada). Os romanistas ajoelham-se diante da imagem de Maria e dirigem a ela orações e cânticos.

 II. AS GLÓRIAS DE MARIA

 1. Maria no Catolicismo Romano.

O clero romano vai além do que está escrito em relação à Virgem Maria. No livro As Glórias de Maria, de Alfonso Liguori, cano­nizado pelo papa, Jesus ficou pequenino diante de Maria. Segun­do Liguori:Nossa salvação será mais rápida, se chamarmos por Maria, do que se chamarmos por Jesus … A Santa Igreja ordena um culto peculiar à Maria. Essas são algumas declarações de suas cren­ças mariolátricas. O que se vê, hoje, é a manifestação ostensiva e orgu­lhosa da mariolatria nos adesivos usados nos automóveis. Para os romanistas, Maria é mais importan­te do que o próprio Jesus(apesar de muitos não o perceberem ou admitirem).

 2. A posição oficial do Vaticano.

O clero romano nega terminantemente que os católicos adoram a Maria, o que é oficialmen­te confirmado pelo Vaticano. Todavia, é muito comum o tradicional trocadilho católico: adoração e ve­neração. Mas, as declarações de Liguori e as práticas dos católicos não ajudam a corroborar a afirmação dos romanistas. Uma análise honesta do correto conceito da pa­lavra adoração, conferindo com o marianismo dos católicos romanos, prova de maneira irrefutável que se trata de adoração.

III. MARIA NA LITURGIA DO CATOLICISMO

 1. As contradições de Roma.

O Catolicismo Romano ja­mais admitirá que prega a divinda­de de Maria, da mesma forma que nega a adoração a ela. Entretanto, os fatos falam por si só e provam o contrário. Ela é também chamada de Rainha do Céu, o mesmo nome de uma divindade pagã da Assíria (Jr 7.18; 44.17-25); é parte de sua liturgia a reza Salve-rainha.

2. Orações a Maria.

A Bíblia expressa ser somente Deus onipotente, onipresente e onisciente (Jr 10.6; 23.23,24; l Rs 8.39). Se Maria pode ouvir os católicos, que hoje são mais de um bilhão em toda a Terra, como pode responder às orações de todos eles ao mesmo tempo? Ou ela é deusa, ou os católicos estão numa fila interminável, aguardando a vez de suas orações serem atendidas.

3. Distorção litúrgica.

A oração litúrgica dedicada a Maria e desenvolvida pela Igreja Católica Romana evoca: “Ave-maria cheia de graça, o Senhor é contigo, bendita és tu entre as mulheres e bendito o fruto de seu ventre. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, os pe­cadores, agora e na hora de nossa morte. Amém”. Essas palavras são tiradas de Lucas 1.28, 42, mas a parte final não é bíblica, foi acres­centada em 1508. Essa oração é uma abominação aos olhos de Deus, pois não é dirigida a quem de direito (l Tm 2.5).

4. Mãe de Deus?

A palavra gre­ga usada para “mãe de Deus” originalmente significa “portadora de Deus”. A expressão “mãe de Deus” foi usada em razão das controvér­sias cristológicas da época para dar ênfase à divindade de Jesus. A Bíblia diz que Deus é eterno (Sl 90.2, Is 40.28), e, como tal, não tem co­meço. Como pode Deus ter mãe?

Há contra-senso teológico nessa decla­ração. A mãe é antes do filho, isso pressupõe a divindade de Maria, que seria antes de Deus, mas Ele existe por si mesmo (Êx 3.14). O Concílio de Calcedônia, em 351, declarou o termo “como mãe do Jesus humano”. A Bíblia es­clarece que Maria é mãe do Jesus ho­mem e nunca mãe de Deus (At 1.14).

IV. OUTRAS TENTATIVAS DE DIVINIZAR MARIA

1. “Cheia de graça” ou “agraciada” (v.28)?

A forma gre­ga da expressão “cheia de graça” procede de um verbo grego que sig­nifica “outorgar ou mostrar graça”. Sua tradução correta é “agraciada, favorecida”, e não “cheia de graça”, como aparece nas versões católicas da Bíblia. A tradução “cheia de gra­ça” não resiste à exegese séria da Bí­blia sendo contrária ao contexto bí­blico e teológico. Mais uma vez, re­vela-se a tentativa de divinizar Ma­ria. Há diferença abissal entre Jesus e Maria. Dele afirma a Bíblia: “e vi­mos a sua glória, como a glória do Unigénito do Pai, cheio de graça e de verdade” (Jo 1.14), pois Jesus é Deus (Jo 1.1).

 2. O Dogma da Imaculada Conceição.

Essa é outra tentativa de endeusar Maria, propondo que ela, por um milagre especial de Deus, nasceu isenta do pecado original. Essa declaração foi proferida pelo papa Pio IX, em 8 de dezembro de 1854, portanto, é antibíblica. A teo­logia cristã afirma que “todos peca­ram” (Rm 3.23; 5.12). A Bíblia mos­tra o reconhecimento da própria Maria em relação a isso (Lc 1.46,47). O milagre especial de Deus aconte­ceu na concepção virginal de Jesus, que foi gerado por obra e graça do Espírito Santo (Lc 1.34,35). Jesus nasceu e viveu sem pecado, embora tentado, nunca pecou (Hb 4.15).

 3. O Dogma da Perpétua Virgindade de Maria.

O clero romano defende a doutrina da per­pétua virgindade de Maria, pois conclui que ela não gerou mais fi­lhos além de Jesus. Sua preocupa­ção é com a deificação de Maria, visto que não há desonra alguma em uma mulher casada ser mãe de filhos, antes, o contrário, à luz da Bíblia, isso lhe é honroso (Gn 24.60; Sl 113.9).

 4. A família de Jesus.

A Bí­blia declara com todas as letras que José não a conheceu até o nasci­mento de Jesus (Mt 1.25). Os ir­mãos e irmãs de Jesus são mencio­nados nos evangelhos, alguns são chamados por seus nomes: Tiago, José, Símão e Judas (Mt 13.55; Mc 6.3). Veja, ainda, Mateus 12.47 e João 7.3-5. Afirmar que “irmãos”, aqui, significa “primos” é uma exegese ruim e contraria todo o pensamento bíblico.

SUPLEMENTO

 “Mariolatria.”

O teólogo católico romano Ludwig Ott, defendendo a doutri­na espúria da veneração a Maria, mãe de Jesus, em sua obra Funda­mentals of Catholic Dogma (Funda­mentos do Dogma Católico), afir­ma: ‘À Maria, a mãe de Deus, con­fere-se o direito de receber o culto de hiperdulia‘. Em outras palavras, segundo o catolicismo romano, ‘Maria deve ser venerada e honra­da em um nível muito mais alto do que o de outras criaturas, sejam anjos ou santos. Contudo, essa ve­neração a Maria é substancialmen­te menor do que a cultus latriae (adoração) que é devida somente a Deus, no entanto, maior do que a cultus diliae (veneração) devida a anjos e aos outros santos’.

Essa doutrina católica romana é uma das mais frágeis em argumen­tação, uma vez que cria uma con­fusão terminológica em torno dos termos adoração e veneração, além de defender pontos sem respaldo bíblico. Veneração significa ‘render culto‘, ‘adoração‘, sendo condena­da pela Bíblia, seja em relação a anjos ou a santos (Ap 22.9), exceto a Deus. Além disso, em nenhum momento a Bíblia fala que Maria é superior a qualquer outra criatura e que deva receber orações ou mes­mo veneração.

Outra amostra do subterfúgio sem nexo do catolicismo romano está no fato de que a adoração a Maria (que por si só já é absurda) não está acima da adoração a Deus. Todavia, em suas orações, como na Novena de orações em honra a Nos­sa Mãe do Perpétuo Auxílio, decla­ra-se, sem censura, que Maria é su­perior a Jesus: ‘Porque se me protegeres, querida Mãe, nada temerei daquilo que me possa sobrevir: nem mesmo dos meus pecados pois obterás para mim o perdão dos mesmos (a Bíblia diz que só há perdão através de Jesus At 4.12; l Tm 2.5; l Jo 1.7); nem mesmo da parte dos demónios, porque és mais poderosa do que o inferno junto ( Bíblia diz que somente Jesus despojou os principados e potestade: e só podemos expulsar demônio: por Jesus – Cl 2.15; Mc 16.17); nem mesmo de Jesus, o meu juiz, pois através de uma oração tua Ele será apaziguado (Maria seria a advoga­da e Jesus, o juiz, mas a Bíblia diz que hoje Jesus é o nosso advogado – l Jo 2.1).”

(MARIOLATRIA. Revis­ta Resposta Fiel, Rio de Janeiro, Ano 4, n° 12, p. 6, jun.-ago.2004.)

CONCLUSÃO

As tentativas inglórias de fun­damentar o marianismo na Bíblia fracassaram. As expressões: “O Se­nhor é contigo”; “bendita és tu en­tre as mulheres” (v. 28) e “bendito o fruto do teu ventre” (v. 42), não são a mesma coisa que: “bendita és tu acima das mulheres“. Devemos esclarecer esses pontos aos católi­cos, com respeito e amor, mas dis­cordando de suas crenças, com base na Palavra de Deus. Muitos são sinceros e pensam estar fazendo a vontade de Deus, mas infelizmnte não conhecem a Bíblia e, portanto, respeitam mais a Tradição da Igreja. Está escrito:

“O meu povo foi destruído porque lhe faltou conhecimento…” Os 4:6

Ao católico que porventura tenha conseguido ler todo esse estudo bíblico (pois não o é fácil, já que a Palavra é como espada de dois gumes. Ela corta, onde há erro a ser consertado), peço que examine a Bíblia, pois Jesus mesmo ordenou:

“Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam;”  Jo 5:39

SUPLEMENTO

Veja a opinião do Padre Fabio de Melo sobre esse assunto! Ele foi bíblico!