[Apostasia] O “sucesso” das baladas gospel pelo país

balada

O portal IG publicou uma matéria onde faz um levantamento das “baladas gospel” que têm se multiplicado pelo país. Uma das mais antigas é a Gospel Night, criada há 15 anos pelo DJ Marcelo Araújo, do Ministério Voz de Deus. A balada reúne em torno de 3 mil pessoas e acontece trimestralmente no Melo Tênis Clube, no Rio de Janeiro.

“A proposta é se divertir sem se corromper. Não se embebedar, não ter que dançar até o chão, nem ter que andar com roupa sensual para chamar a atenção de alguém e ter um encontro naquela noite. Não precisa ficar com 500 pessoas na noite só para se animar”, esclarece.

Anderson Dias Barbosa, conhecido como DJ Pastor iniciou 13 anos atrás a balada que ocorre todo último sábado do mês na Comunidade Evangélica Crescendo na Graça, em São Paulo. Além do repertório de música gospel, o espaço no templo oferece mesa de bilhar, fliperama, torneio de basquete de rua e competição de videogame.

Fundador da igreja, o DJ veio de família evangélica, mas conta que se afastou da igreja na juventude pois queria “poder sair para dançar”. Depois que voltou, foi isso que decidiu oferecer. A festa tem um custo de R$ 5, que ajuda a financiar o projeto Rei das Ruas, que ajuda no tratamento de dependentes de drogas.

Em geral, a balada vai das 23h até as 4h. O DJ Pastor calcula que mais da metade dos frequentadores não são evangélicos. “A balada não tem o intuito de convertê-los, mas de levá-los a pensar”, explica. Entre as músicas ele faz uma pregação rápida, “que acaba atingindo um objetivo nosso que é fazer o cara refletir sobre a palavra de Deus”, explica. Em 2014 ele pretende organizar a primeira rave gospel, que deve durar 22 horas sem parar.

A maior balada gospel do Brasil é a Sky, que reúne em média seis mil pessoas na sede da Igreja Renascer, na Mooca, em São Paulo. Já existe há seis anos e também ocorre em outras cidades de SP e em breve deve chegar ao Nordeste.

Alexandre Ricardo Pereira, um dos organizadores, contou ao IG: “Nosso foco principal é trazer essa galera que não é evangélica para curtir o evento”. No mesmo local, a Renascer organizou em junho, a Moocareta, uma micareta gospel que deve ter mais uma edição ano que vem.

Embora sejam diferentes, esses eventos tem vários aspectos em comum. Seu público alvo tem idade entre 16 e 26 anos. Os ritmos presentes nas baladas são diversos, incluindo funk, axé, hip hop, black music e forró. Sempre em versão gospel, ou seja, com letras de conteúdo religioso.

Também é proibido o consumo de drogas e álcool. Para beber, refrigerante, energético e coquetel sem álcool. A chamada “pegação” é vedada. Existe até uma equipe da chamada “Operação Desgrude”, que separa os casais mais assanhados.

“Embora levem o nome de gospel, obviamente este tipo de evento é alvo de críticas de várias grupos evangélicos. “Há uma certa repressão. Tem pastores que proíbem os membros de participar”, diz Pereira, da Renascer.

O DJ Marcelo Araújo conta que geralmente convida quem o critica para conhecer a festa ao vivo. “A gente encara a música como louvor a Deus. Eles passam a olhar com outros olhos quando ouvem as letras. Todas têm mensagens totalmente evangélicas”, explica Neto Marotti, baixista e líder da banda de axé gospel DOPA, que também é pastor.

Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/sucesso-baladas-gospel/

SUPLEMENTO

[Exortação] Estou cansado, suas festas, eu as odeio, são um fardo para mim!

desespero1

Este desabafo poderia ser meu, ou de milhares de Cristãos que estão incomodados com os rumos da Igreja Evangélica. Mas se fosse nosso, com certeza seríamos bombardeados por falsos profetas, pelos “Apóstolos da Prosperidade”, que nos taxariam de rebeldes, incrédulos.

Mas estas palavras são do Senhor Nosso Deus ao Profeta Isaías mais de 600 anos antes da vinda de Jesus. Escutem a instrução de nosso Deus! Está escrito:

“Para que me oferecem tantos sacrifícios? – pergunta o Senhor. Para mim, CHEGA de holocaustos de carneiros e da gordura de novilhos gordos; NÃO TENHO NENHUM PRAZER no sangue de novilhos, de cordeiros e de bodes! “Quando lhes pediu que viessem à minha presença, quem lhes pediu que pusessem os pés em meus átrios? Parem de trazer ofertas INÚTEIS! O incenso de vocês é REPUGNANTE para Mim. Luas novas, sábados e reuniões! NÃO CONSIGO SUPORTAR suas assembléias cheias de iniquidade. SUAS FESTAS da lua nova e suas festas fixas, EU AS ODEIO. Tornaram-se um FARDO PARA MIM NÃO AS SUPORTO MAIS.” (Isaías 1:10-14)

O diabo criou algo muito perspicaz, sugerir à igreja que sua missão consiste em promover entretenimento para as pessoas, tendo em vista ganhá-las para Cristo. A igreja abandonou a pregação, seu testemunho; passou a aceitar e justificar as frivolidades que estavam em voga no mundo,começou a tolerá-las em suas fronteiras; agora, a igreja as adotou sob o pretexto de ganhar as multidões.

Primeira constatação: as Escrituras não afirmam, em nenhuma de suas passagens, que promover entretenimento para as pessoas é uma função da igreja. Se esta é uma obra cristã, por que o Senhor Jesus não falou sobre ela?

“Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura” (Mc 16:15) — isso é bastante claro. Se Ele tivesse acrescentado: “E oferecei entretenimento para aqueles que não gostam do evangelho”, assim teria acontecido. No entanto, tais palavras não se encontram na Bíblia. Sequer ocorreram à mente do Senhor Jesus.

Novamente, promover entretenimento está em direto antagonismo ao ensino e à vida de Cristo e de seus apóstolos. Qual era a atitude da igreja em relação ao mundo? “Vós sois o sal”, não o “docinho”, algo que o mundo desprezará. Se Cristo houvesse introduzido mais elementos maleáveis e agradáveis em seu ministério, teria sido mais popular e com certeza teria tipo mais seguidores. Mas não O vemos dizendo: “Pedro, vá atrás do povo e diga-lhe que teremos um culto diferente amanhã, algo atraente e breve, com pouca pregação. Teremos uma noite agradável para as pessoas, com vários “ídolos da música Gospel” (ih! Ídolo pode se for gospel?). Vá logo, Pedro, temos de ganhar as pessoas de alguma maneira!”.

A posição de Jesus era firme, estava alicerçada na Palavra de Deus, e não aceitava qualquer tipo de manipulação para agradar as multidões, conforme João 6:59-66:

“Ele (Jesus) disse estas coisas na sinagoga, ensinando em Cafarnaum. Muitos, pois, dos seus discípulos, ouvindo isto, disseram: DURO ESTE DISCURSO; quem o pode ouvir? Sabendo, pois, JESUS em si mesmo que os seus discípulos murmuravam disto, DISSE-LHES ISTO VOS ESCANDALIZA? Que seria, pois, se vísseis subir o Filho do homem para onde primeiro estava? O espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; AS PALAVRAS QUE EU VOS DIGO SÃO ESPÍRITO E VIDA. Mas há alguns de vós que não creem. Porque bem sabia Jesus, desde o princípio, quem eram os que não criam, e quem era o que o havia de entregar. E dizia: Por isso eu vos disse que ninguém pode vir a mim, se por meu Pai não lhe for concedido. Desde ENTÃO MUITOS DE SEUS DISCÍPULOS TORNARAM PARA TRÁS, e já NÃO ANDAVAM COM ELE.”

Jesus se preocupa e manda os seus 12 Discípulos atrás da multidão prometendo um discurso mais brando? NÃO, em João 6:67 temos o posicionamento de Jesus:

“Então disse Jesus aos doze: QUEREIS VÓS OUTROS TAMBÉM RETIRAR-VOS?”

A missão de promover entretenimento falha em conseguir os resultados desejados. Causa danos, pois os novos convertidos, são alcançados por um evangelho parcial e os cansados e oprimidos buscam paz através de um show musical. O resultado é óbvio: a missão de promover entretenimento não produz convertidos verdadeiros. A necessidade atual para o ministro do evangelho é uma instrução bíblica fiel, bem como ardente espiritualidade; uma resulta da outra, assim como o fruto procede da raiz. A necessidade de nossa época é a doutrina bíblica, entendida e experimentada de tal modo, que produz devoção verdadeira no íntimo dos convertidos. Senhor, limpe a igreja de todo o lixo e baboseira que o diabo impôs sobre ela e traga-nos de volta aos métodos dos apóstolos, ao verdadeiro Evangelho.

Este texto poderia ser meu ou de qualquer escritor contemporâneo que esteja acompanhando o que está ocorrendo nas igrejas evangélicas , mas pasmem, é um texto adaptado de um sermão de Charles Spurgeon, pregador da Palavra de Deus que morreu em 31/01/1892,  portanto ESCRITO HÁ MAIS DE 100 anos.

Assim como sugere Spurgeon: OREMOS!

Fonte: http://estudos.gospelmais.com.br/estou-cansado-suas-festas-eu-as-odeio-sao-um-fardo-para-mim.html

SUPLEMENTO

Caso queira um vídeo com o Texto de Spurgeon acima em audio, faça o download abaixo! Clique no video, em seguida, clique em Share(no canto esquerdo superior) e depois em Download:

[Apostasia] “Pastores” dançam a Dança do seu Quadrado no Púlpito!

Amados, sabemos que o Culto é prestado a Deus, portanto, diante de um Deus SANTO, SANTO, SANTO, que postura devemos manifestar? É só lembrarmo-nos do profeta Isaías quando foi transladado à presença do Senhor no Céu!

Creio que ele não ficou pulando, pulando, pulando… mas se prostou com a boca no PÓ… Está escrito:

No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi também ao Senhor assentado sobre um alto e sublime trono; e o seu séquito enchia o templo.

Serafins estavam por cima dele; cada um tinha seis asas; com duas cobriam os seus rostos, e com duas cobriam os seus pés, e com duas voavam.

E clamavam uns aos outros, dizendo: Santo, Santo, Santo é o SENHOR dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória.

E os umbrais das portas se moveram à voz do que clamava, e a casa se encheu de fumaça.

Então disse eu: Ai de mim! Pois estou perdido; porque sou um homem de lábios impuros, e habito no meio de um povo de impuros lábios; os meus olhos viram o Rei, o SENHOR dos Exércitos.  Isaías 6:1-5

Esse “Evangelho do Entretenimento” está prejudicando a reverência, o respeito e o TEMOR que devemos manifestar para com o nosso Deus. Às vezes a Igreja parece um parque de diversões! Misericóooordiaaa…

E muitos acham que estão prestando um culto de adoração ao Senhor! Jesus nos disse que “pelos frutos conheceremos a árvore”, i.e., pelas ações conhecemos a pessoa, portanto assistam ao vídeo abaixo e respondam:

  • Os amados Pastores em questão estão sendo Ministros de um Culto ao Senhor ou Animadores de Platéia?

Reflitamos:

  • Essa é a postura que um Líder Espiritual deve ter para influenciar a juventude numa vida de Santidade ou isso colabora para permanecermos numa vida de negligência à Palavra por falta de TEMOR a Deus?

Como eu faço o download do vídeo? Siga os passos abaixo!

1) Inicialmente, clique no vídeo para dar incício.

2) Você verá, no canto superior esquerdo, a palavra “Share“. Clique nela.

3) Surgirá uma pequena Janela com 4 Botões. Clique em “Download Vídeo“.

4) Outra janela surgirá com as opções “Abrir com” e “Download“. Selecione “Download“, caso já não o esteja. E clique em “Ok“. Pronto! Agora é só esperar!

PS: Isso aí não é AVIVAMENTO é DIVERSÃO!

Às vezes, alguns consideram-me “Radical d+”, i.e., FANÁTICO… Portanto, vejamos uma segunda opinião. Assista tb o vídeo abaixo do Pr. Paul Washer:

Jesus os abençoe.

Paz

Arauto de Cristo

[Reflexão] Cristão Gospel – Você é um? CUIDADO!

Porque não há boa árvore que dê mau fruto, nem má árvore que dê bom fruto.(Lucas 6.43)

          Vivemos em um modismo de se declarar como Cristãos, evangélicos, mas na verdade o que temos visto são muitos freqüentadores de igrejas; pessoas que vão a uma determinada igreja, assistem aos cultos, ou cantam(eu disse: cantam; eu não disse: louvam; pois não o sabem, e não querem louvar a Deus, querem simplesmente cantar e se exibirem), e ainda outras que dançam, se mostram e  muitas das vezes com danças  até mesmo com apelos sexuais.

        Pastores, missionários, pregadores, etc… que têm uma preocupação de falar bonito e buscam se exibir como bons pregadores, bons em oratórias, conseguem encher as igrejas, e arrecadar fundos porque pregam somente prosperidade, amor, favor, graça de Deus, e  não pregam salvação, obediência, santidade. E isto porque muitos deles vivem de forma contrária aos mandamentos do Senhor. Existem igrejas  em que os líderes estão em pecado,  mas como  sabem fazer, por emoção, o fogo cair, não são reprovados, pois o povo quer é dançar, pular, gritar, cair no chão, rodopiar, tremer e acham que isto é santidade e aprovação do Senhor

   Infelizmente o povo tem confundido o movimento pentecostal com bagunçadesorganização e emoção, portanto são enganados e iludidos. E vivem em sofrimentos, pois não praticam a palavra.

“Porque cada árvore se conhece pelo seu próprio fruto; pois não se colhem figos dos espinheiros, nem se vindimam uvas dos abrolhos.”(Lucas 6.44

     Infelizmente vemos carros com adesivos desta ou daquela igreja, ou com versículos bíblicos estampados por aqueles que querem se intitular cristãos, mas estes mesmos veículos são encontrados em motéis, bares, boates,e até em local onde se vendem e consomem drogas.

     Encontramos estes mesmos veículos envolvidos em confusão, vemos estes motoristas darem fechadas em outros, estacionando em lugares proibidos, vemos os seus motoristas brigando, xingando outros, encontramos estes veículos transportando objetos impróprios.

     Se formos olhar, muitas das vezes percebemos que estes supostos cristãos são piores do que os declarados  ímpios! Eles dão um péssimo testemunho. São violentos, adúlteros, traidores, brigam com a esposa, com o marido, são caloteiros, desonestos, maus pagadores e se dizem Cristãos, pois vão à igreja dançar, cantar, e ver o fogo cair. Outros são especialistas em entregar revelações, ou receberem, claro, revelações mentirosas que nunca se cumprirão, pois não foi Deus quem mandou dizer, fazendo com que muitos se decepcionem e se afastem.

“O homem bom, do bom tesouro do seu coração, tira o bem, e o homem mau, do mau tesouro do seu coração, tira o mal, porque da abundância do seu coração fala a boca.” (Lucas 6.45)

     Ser Cristão é viver de acordo com a Palavra, e não ter compromisso com o mundo. Repito é viver de acordo com os ensinamentos do Senhor. É não aceitar a corrupção, é ser fiel em todos os sentidos. Portanto, para estes tantos que se intitulam cristãos e que não tem compromisso com a palavra, eu sugiro que se convertam verdadeiramente para não sofrer a condenação eterna, sofrimento eterno, pois freqüentar igreja, não salva. O único que salva é Jesus. Busque enquanto é tempo, busque-o enquanto se pode achar.

“Porque me chamais Senhor, Senhor, e não fazeis o que eu digo?” (Lucas 6.46)

Leia e pratique a Bíblia. Que Deus te abençoe.

Um abraço, Pr.Henrique Lino