Chemtrails – Rastros Químicos! O que estão lançando na atmosfera?

Cheimtrails
Os aviões produzem contrails. O que é o Contrail? A palavra “contrail” resulta da junção das palavras “Condensation” e “Trail” e significa “rasto de condensação“. Libertados por aviões comerciais normais, estes rastos resultam das diferenças de temperatura dos gases emitidos pelas turbinas e desaparecem segundos depois da sua formação, acompanhando o percurso do avião e, só se formam, sob certas condições:

• Altura superior a 8.000 metros
• Humidade relativa igual ou superior a 70%
• Temperatura inferior a – 40º C

A palavra “chemtrail” resulta da junção das palavras “chemical” e “Trail“, que significa “rasto químico“. Os Chemtrails são criados intencionalmente, sendo formados por toxinas e metais pesados, dispersos deliberadamente com uma intenção através de aviões preparados para o efeito. Aparecem em altitudes inferiores onde a temperatura não chega a esses mínimos e, permanecem ali durante horas no céu. Qualquer rasto de avião que permaneça mais de 1 ou 2 minutos na atmosfera poderá ser considerado como Chemtrail.

Veja o vídeo abaixo:

Os produtos tóxicos constituídos e designados para a criação de nuvens artificiais são encontrados nos testes atualmente realizados em laboratórios com amostras provenientes das zonas afetadas pelos Chemtrails.

Os Chemtrails contêm metais pesados e outras substâncias prejudiciais para os seres humanos, animais e plantas; frequentemente peixes e pássaros apareceram mortos em grandes quantidades (envenenamento através de Chemtrails).

As partículas de metais e outros componentes dos Chemtrails quando inalados por um ser vivo alojam-se rapidamente nos pulmões, tendo consequências graves para a saúde. O relatório divulgado a 3 de fevereiro de 2011 e realizado por Ilya Sandra Perlingieri, demonstra o dramático aumento de metais pesados na atmosfera, sendo que estes não são elementos naturais da mesma.

Vários cientistas já confirmaram que está a ser utilizada uma mistura de sais de bário com fibras de polímero e outros produtos químicos que quando dispersos na atmosfera resultam numa aplicação utilizada para a propagação de ondas rádio eletromagnéticas, sendo direta e indiretamente responsáveis por vários sintomas que surgem no corpo humano, independentemente da faixa etária.

Outro relatório também registra o aparecimento de um cocktail de combustível do tipo JP8 + 100, misturado com 1,2-dibromoetano. Este pesticida químico foi banido em 1983 pela Agência para a Proteção do Ambiente dos EUA (EPA) sendo identificado como uma toxina química e substância cancerígena. Frequentemente são avistadas zonas coloridas no céu, formadas por 1,2-Dibromoetano, também conhecido como brometo de etileno.

Os Chemtrails com Dibromoetano são altamente tóxicos para a saúde.

Investigadores afirmam que os Chemtrails não são utilizados apenas para o controlo climático. O Dr. Gabriel Cousens M.D. afirma nomeadamente que, de forma intencional, estão a debilitar fisicamente a população, afetando-a também com ondas que intensificam o controle mental provocando alterações de humor (gerando depressão, ansiedade, agressividade, etc). A depressão potencia a falta de reação por parte da população nomeadamente às medidas políticas que vão sendo implementadas que visam retirar direitos e eliminar o estado social.

Está em curso um programa de depopulação do planeta (redução de cerca de 2/3 da população mundial – veja aqui: http://wp.me/P15F7V-8w) através de um processo equiparado a uma guerra biológica quase invisível, estando a decorrer experiências com Chemtrails para posteriormente serem utilizados em guerras químicas e bacteriológicas, como as que ocorreram em várias partes da Grã-Bretanha durante várias décadas ou experiências com Chemtrails sobre inimigos e até mesmo sobre os próprios militares do exército dos EUA.

Os Chemtrails são assim utilizados para vários fins:

• Controle e mudança climática provocando cataclismos que aparentemente, aos olhos da população serão acontecimentos naturais como tsunamis, furacões, tempestades, …, (pesquisem nomeadamente acerca do Tsunami do Japão), sendo neste momento a arma mais poderosa existente no nosso planeta. Reparem que há em Portugal cada vez mais furacões (não é fruto do acaso) …
• Controle mental da população
• Depopulação mundial(veja aqui: http://wp.me/P15F7V-8w)

Em 1990, o investigador Kristofer Pister (ou Kris Pister) referiu que um dia seriam lançados no ar milhões de sensores à superfície da terra, tão pequenos (nanotecnologia) que permitiriam ter controlo sobre os acontecimentos. Estas partículas de “poeira inteligente” emitiriam frequências permitindo o contacto entre elas e outros dispositivos wi-fi que seriam equipados com tecnologia para comunicar entre si através do ar.

Assistam ao documentário abaixo:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s