DEVOCIONAL: UM MÊS PARA VIVER! DIA 28 – Pegadas

DIA 28 – Pegadas

A conscientização do que significa “ser ecologicamente correto” continua a ganhar força.

Queremos ser bons administradores do planeta por causa da responsabilidade que Deus nos confiou em relação à sua criação.

Na mesma medida que procuramos maneiras de aumentar a pegada ecológica, devemos aumentar a pegada espiritual.

Precisamos causar a impressão mais positiva e mais duradoura possível na vida das pessoas.

Para fazer isso, é necessário ter um firme propósito em relação ao tipo de impressão que deixamos.

Do mesmo modo que devemos controlar a emissão de gases tóxicos industriais e diminuir a poluição, devemos lidar com os resíduos que se acumulam em nossa alma.

Pode ser tentador desprezar nossas próprias faltas e deficiências e nos concentrar exclusivamente nos erros alheios. Porém, Deus nos chama a olhar para dentro e examinar nossa própria consciência sem julgar outras pessoas.

Podemos tentar cobrir o lixo da alma, ignorá-lo e fingir que não está ali, mas com isso não eliminamos a poluição que corrói e sufoca nosso coração.

A notícia transformadora da vida é que Jesus Cristo nos perdoa e nos limpa até mesmo do entulho mais oculto.

A boa notícia é que temos esse dom à disposição a cada dia, quer tenhamos 30 dias, quer tenhamos muitos anos pela frente nesta Terra. Se quisermos deixar um legado de graça para aqueles que nos sucederem, temos de começar reconhecendo nossa necessidade pessoal do perdão de Deus.

Ao sentirem o perdão e o amor de Deus pelo presente que é seu Filho, as pessoas muitas vezes estão preparadas para pedir perdão àqueles a quem feriram e estender misericórdia àqueles que as magoaram.

Se julgarmos menos e confessarmos mais nossas próprias deficiências, investiremos num legado eterno: nosso caráter e seu efeito sobre as gerações futuras.

Pedir perdão e admitir que ferimos alguém, e isto nunca será fácil ou natural, quanto gostaríamos.

Mas, se soubéssemos que não teríamos outra oportunidade de acertar o relacionamento, aproveitaríamos todas as possibilidades para expressar nossa tristeza por termos ferido os outros.

Somente a graça de Deus nos permite esquecer as feridas do passado e perdoar os outros.

Somente sua graça pode motivar-nos a deixar de lado o orgulho, a vergonha, a culpa e o arrependimento e pedir que os outros nos perdoem.

Quanto mais colocarmos a prática da graça em nossa vida, maior será o legado que deixaremos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s