DEVOCIONAL: UM MÊS PARA VIVER! DIA 22 – Vivendo Um Milagre Pessoal

DIA 22 – Vivendo Um Milagre Pessoal

“Os milagres são a história, recontada em letras miúdas, que foi escrita mundo a fora em letras grandes demais para serem vistas” (C. S. Lewis)

“Tente grandes coisas para Deus e espere grandes coisas dele” (William Carey).

Se tivesse apenas um mês para viver, talvez você se sentisse tentado a implorar a Deus um milagre para estender seus dias.

Porém, embora nossa vida esteja claramente nas mãos dele, e ele com certeza nos possa curar fisicamente, o milagre de que você na verdade precisa está em suas prioridades e seus relacionamentos.

Se você estiver enfrentando uma perda dolorosa ou precisar optar entre duas boas opções, a única maneira de ver um milagre é caminhar na direção de Deus.

Na Bíblia, encontramos: Quatro Placas de Sinalização, que podem ajudar-nos a transformar os cruzamentos numa jornada gratificante e milagrosa.

A primeira delas é admitir sua necessidade. Se você quer que Deus trabalhe em sua vida, tem de reconhecer que precisa dele.

Deus não pode trabalhar em nossa vida até que reconheçamos que a intervenção dele é essencial e o convidemos a agir na situação.

A segunda placa de sinalização é buscar a Deus como o único que pode nos conduzir na direção correta.

Existe apenas um recurso que pode prover o milagre de que precisamos. Podemos ir diretamente a Deus, o único com o poder, a sabedoria e o amor que visam o nosso bem.

A terceira placa de sinalização é um sinal de “Pare”.

Precisamos parar e avaliar o que temos. Deus sempre começa a trabalhar a partir de onde estamos e do que temos; ele não faz uma limpeza geral em nós, nem transforma todo o mal em algo maravilhoso num único instante.

Você precisa pegar o que tem e entregar a Deus.

A quarta placa de sinalização na Estrada rumo ao milagre é a mais importante: O SINAL DE PREFERÊNCIA.

Se você seguir os outros três sinais, mas não esse, não será possível esperar um milagre.

É fundamental que comecemos a servir aos outros com as bênçãos que Deus já nos concedeu.

É um paradoxo que talvez nunca venhamos a compreender plenamente. Quando tiramos o foco de nós mesmo e o colocamos em Deus, quando derramamos nossa vida sobre outras pessoas, seguindo a orientação dele, ele começa a derramar seus milagres sobre nós.

Somos abençoados para sermos bênçãos.

Quando você toma a decisão de ajudar outra pessoa, Deus decide ajudar você.

Quando você livra alguém de problemas, encontra um lugar para enterrar seus próprios problemas.

Deus espera para ver se você tem fé para dar um passo e começar a satisfazer as necessidades de outra pessoa e, então, confiar que ele satisfaça as suas.

É tão pouco natural que se torna sobrenatural.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s