[Maná] As Jóias da Coroa

“Iluminados os olhos do vosso coração, para saberdes qual é a esperança do Seu chamamento, qual a riqueza da glória da Sua herança nos santos” (Efésios 1:18).

Antes do tempo do Aiatolá Khomeini os que visitavam Teerã podiam ver as joias da coroa da Pérsia. O Xá as tinha ordenado em uma sala onde o turista podia passar por perto e reconhecer os vasos de pérolas, diamantes e rubis. Tudo isso parecia tão casual, tão acessível, mas todos os visitantes sabiam que guardas de olhares atentos observavam através das fendas nas paredes verificando cada movimento.

Sem dúvida essa deve ter sido a mais impressionante coleção de joias em exibição em qualquer parte do mundo. Ultrapassava em muito as joias da coroa da Dinamarca e deixava para trás até mesmo as joias reais da Inglaterra.

Foi necessário pouca imaginação para retratar uma princesa persa escolhendo cuidadosamente o seu caminho por entre a coleção e pedindo um diadema ou um colar.

Mas considere as joias da coroa do Rei dos reis. Paulo fala em mais de uma passagem das riquezas de Sua glória. Com isto ele quer dizer no mínimo duas coisas. Primeira, o grande e abundante amor que Deus nos tem mostrado enviando Jesus Cristo para redimir e justificar o pecador.

Nenhuma mente humana pode medir esta graça. Deus estabeleceu em Jesus Cristo uma ação positiva tendo em vista cada pecador. Sua atitude procura sempre salvar. Deus está interessado em salvar a todos os que Ele pode por causa do preço pago.

Se este é o seu caso, então opera a segunda verdade. Você, a quem Jesus resgatou a um preço extraordinário, assume um valor muito além de qualquer estimativa humana. Paulo declara reiteradamente que os santos são a Sua glória.

O preço pago é suficiente e portanto Deus é glorificado aos olhos do Universo. Somos para “louvor da Sua glória” (Ef 1:12).

O exército celestial observa ansiosamente enquanto a raça humana caminha em um mundo redimido cheio de tais riquezas. O incentivo do Céu procura não impedir mas fazer com que você estenda a mão e arranque da graça divina as próprias coisas que necessita para adornar a vida com justiça.

Portanto, permita que Deus fortaleça hoje sua mão fraca e tremente que se estende esperançosa em direção de Suas riquezas. É você indigno? Apodere-se de Sua dignidade. É você impuro? Tome Sua pureza. É você fraco? Apodere-se de Sua força. Adorne-se com Suas riquezas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s