[Maná] Espere o inesperado.

“Ao anoitecer, o barco estava no meio do mar, e Jesus se achava sozinho em terra, Ele viu os discípulos remando com dificuldade, porque o vento soprava contra eles. Alta madrugada, Jesus dirigiu-se a eles […]. Quando O viram andando sobre o mar, pensaram que fosse um fantasma” (Marcos 6:47-49).

Os discípulos estavam no meio da tempestade. A luz veio até eles. Uma figura surgiu, caminhando sobre as águas. Mas não era o que esperavam.

Talvez quisessem que anjos descessem ou que o céu se abrisse. Talvez esperassem uma proclamação divina para acalmar a tempestade. Não sabemos quais eram suas expectativas. Uma coisa, porém, é certa: eles não esperavam que Jesus caminhasse sobre as águas.

E, visto que Jesus voltou de uma forma que não esperavam, quase deixaram de perceber que as orações deles haviam sido respondidas.

Se não olharmos e ouvirmos com atenção, corremos o risco de cometer o mesmo erro. As luzes de Deus em nossas noites escuras são tão numerosas como as estrelas, se nos dignarmos a voltar o olhar para elas.

Por esperar uma fogueira, deixamos de enxergar a vela. Por esperar ouvir o grito, deixamos de perceber o sussurro.

Deus vem a nós por meio das velas tremeluzentes e nos sussurra: “Quando você duvidar, olhe em volta; estou mais perto do que você imagina”.

Reflita sobre isso no dia de hoje e ore comigo agora: “Senhor, quantas vezes minhas orações foram respondidas e nem percebi? Ajuda-me a ficar atento às manifestações inesperadas e sutis de Teu poder. Em nome de Jesus, amém!

Fonte

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s