[Vida com Propósito] Dia 2 – Você não é um acidente


Eu sou seu Criador. Você estava sob meus cuidados mesmo antes de nascer. Isaias 44.2a, CEV

Deus não joga dados. Albert Einstein

 

VOCÊ NÃO É UM ACIDENTE.

Seu nascimento não foi um erro ou um infortúnio, e sua vida não é um acidente da natureza. Seus pais podem não o ter planejado, mas Deus certamente o fez. Ele não ficou nem um pouco surpreso com seu nascimento. Aliás, ele o aguardava.

Muito antes de ser concebido por seus pais, você foi concebido na mente de Deus. Ele foi o primeiro a pensar em você. Você não está respirando neste exato momento por acaso, sorte, destino ou coincidência. Está vivo porque Deus quis criá-lo! A Bíblia diz:

“O SENHOR cumprirá o seu propósito para comigo!” (Salmos 138. 8a, NVF).

Ele determinou cada pequeno detalhe de nosso corpo. Ele deliberadamente escolheu seu biotipo: a cor da pele, o cabelo e todas as outras características. Ele fez seu corpo sob medida, exatamente do jeito que queria. Também determinou os talentos naturais que você possuiria e deu-lhe uma personalidade singular. A Bíblia diz:

“Tu me conheces por dentro e por fora, conheces cada osso do meu corpo. Sabes exatamente como como fui feito: aos poucos; como fui esculpido: do nada até ser alguma coisa. Como um livro aberto, tu me viste crescer desde a concepção até nascimento; todos os estágios de minha vida foram exibidos diante de ti” (Salmos 139.15).

Deus fez você por um motivo, isso significa que também decidiu a hora de seu nascimento e seu tempo de vida. Ele planejou seus dias de vida antecipadamente, escolhendo o momento exato de seu nascimento e de sua morte. A Bíblia diz:

“Antes mesmo de corpo tomar forma humana Tu já havias planejado todos os dias da minha vida; cada um deles estava registrado no teu livro!” (Salmos 139.16, BV).

Deus também planejou o lugar em que você nasceria onde viveria para o propósito dele. Sua etnia e nacionalidade não são mera casualidade: Deus não deixou nenhum detalhe ao acaso. Planejou tudo conforme o propósito dele. A Bíblia diz:

“De um só fez ele todos os povos, para que povoassem toda a terra, tendo determinado os tempos anteriormente estabelecidos e os lugares exatos em que deveriam habitar” (Ato 17.26, NV).

Nada em sua vida é arbitrário – tudo tem um propósito.

Ainda mais surpreendente: Deus decidiu como você nasceria. Independentemente das circunstâncias de seu nascimento e de quem fossem seus pais, Deus tinha um plano ao criá-lo. E não importa como sejam seus pais: bons, ruins ou indiferentes. Ele sabia que esses dois indivíduos possuíam exatamente a constituição genética específica para criar você de acordo com o que ele tinha em mente. Eles tinham o DNA que Deus precisava para formá-lo.

Embora existam pais ilegítimos, não existem filhos ilegítimos. Mesmo que muitos filhos não tenham sido planejados pelos pais, não foram um imprevisto para Deus. O propósito dele levou em conta o erro humano e até mesmo o pecado.

Deus nunca faz nada acidentalmente e jamais comete erros. Ele tem um motivo para tudo que concebe. Todas plantas e animais foram planejados por Deus, e cada pessoa foi idealizada com um propósito definido. O motivo de Deus tê-lo criado foi o amor que ele tem. A Bíblia diz:

“Muito antes que ele estabelecesse os fundamentos da terra, ele já pensava em nós e nos escolheu alvo do seu amor, para nos fazer completos e santos como por meio desse amor” (Efésios 1.4a, AM).

O Senhor já pensava em você antes de criar o mundo. Na verdade, você foi o motivo de Deus tê-lo criado! Ele projetou o meio ambiente deste planeta para que pudéssemos viver nele. Somos a razão de seu amor e o que há de mais precioso em toda a criação. A Bíblia diz.

“Deus decidiu nos dar a vida pela palavra da verdade, a fim de que fôssemos como primícias de suas criaturas […] (Tiago 1.18, NCV).

Isso demonstra quanto Deus o ama e o aprecia!

O Senhor não age de forma aleatória: ele planeja tudo com extrema precisão. Quanto mais os físicos, biólogos e outros cientistas aprendem sobre o Universo, mais percebemos quanto ele é singularmente adequado à nossa existência – feito sob medida com as exatas especificações que tornam possível a vida humana.

O dr. Michael Denton, especialista em genética molecular humana da Universidade de Otago, Nova Zelândia, conclui:

Todas as evidências disponíveis nas ciências biológicas sustentam a teoria básica […] de que o Universo foi especialmente criado em sua totalidade tendo a vida e a humanidade como principal objetivo e propósito; um todo no qual todas as partes da realidade têm seu significado e explicação nesse fato fundamental. Natures Destiny: How the Laws of Biology Reveal Purpose in the Universe (New York. FrPress, 1998), p. 389.

A Bíblia fez a mesma constatação milhares de anos antes: “Deus formou a Terra [..]. Ele não a criou para ser vazia, mas a formou para ser habitada” (Isaías 45.18,GWT).

Por que Deus fez tudo isso? Por que o incômodo de criar o Universo para nós? Porque ele é um Deus de amor. Esse tipo de amor é difícil de compreender em sua profundidade, mas é essencialmente confiável. Você foi criado para ser um alvo especial do amor de Deus! Ele o fez para poder amá-lo. É sobre essa verdade que você precisa edificar sua vida. A Bíblia diz que “Deus é amor” (1 João 4.8). Ela não diz que Deus tem amor. Ele é amor! Amor é a essência do caráter do Pai. Há perfeito amor na interação da Trindade, então Deus não precisava criar você. Ele não estava só, mas desejou criá-lo para expressar seu amor. Deus diz:

“Eu os tenho sustentado desde que foram concebidos e carregado desde o nascimento. Mesmo na velhice, quando cabelos se tornarem grisalhos, estarei cuidando de vocês. Eu os fiz e cuidarei de vocês” (Isaías 46.3,4, NCV).

Se não houvesse Deus, seríamos todos “acidentes”, causados por algum evento cósmico aleatório. Você poderia parar de ler este livro, pois a vida não teria nenhum propósito, significado ou importância. Não haveria certo nem errado, e nenhuma esperança seria alimentada  para além de nossos breves anos neste mundo.

Mas há um Deus que o fez, e por uma razão. Assim, sua vida tem significado profundo! Descobrimos esse significado e o propósito divino somente quando tomamos Deus como ponto de referência de nossa vida. Uma paráfrase de Romanos 12.3b diz:

“O único modo de nos entendermos é pelo que Deus é e pelo que ele faz por nós, não pelo que somos e fazemos por ele”(AM).

Vemos essa verdade expressa neste poema de Russell Kelfer:

Você é quem é por uma razão.
Parte de um plano inescrutável.
Preciosa, original e perfeita criação,
denominada homem ou mulher de Deus, notável.

Sua aparência tem uma razão.
Nosso Deus não se enganou.
Ele o teceu ainda no ventre em perfeita composição,
é o fruto exato do que determinou.

Seus pais foram por ele escolhidos
e, não obstante sua impressão,
planos para os quais foram criados
e recebem do Senhor aprovação

O trauma que você enfrentou não foi fácil, não.
E Deus lamentou sua dor.
Mas foi isso permitido para dar forma ao seu coração,
para que semelhante ao dele se tornasse.

Você é quem é por uma razão.
E pelo cajado do Mestre vem sendo formado.
Você é quem é, amado,
Porque há um Deus – eis a razão!

DIA 2

Pensando sobre meu propósito de vida

TEMA PARA REFLEXAO: Não sou um acidente.

VERSÍCULO PARA MEMORIZAR: “Eu sou seu Criador. Você estava sob meus cuidados mesmo antes de nascer” (Isaías44.2, CEV)

PERGUNTA PARA MEDITAR: Sei que Deus me criou de forma singular. Que áreas de minha personalidade, formação e aparência física tenho tido dificuldade em aceitar?

Anúncios

Um pensamento sobre “[Vida com Propósito] Dia 2 – Você não é um acidente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s