[Mana] Vitória Improvável


“O Senhor disse a Gideão: ‘Com os trezentos homens que lamberam a água livrarei vocês e entregarei os midianitas nas suas mãos” (Juízes 7:7).

Para quem gosta de vitórias espetaculares, a Bíblia registra a história de uma batalha ganha por 300 valentes. Trata-se do feito épico de Gideão, relatado em Juízes 6 a 8, ao derrotar uma confederação de “midianitas, amalequitas e outros povos que vinham do leste” (6:33), tão “numerosos como nuvens de gafanhotos”, com um total de camelos comparado à “areia da praia” (7:12).

Só para lembrar, os israelitas plantavam seus cereais e, na hora da colheita, os inimigos levavam tudo. Então o povo clamou a Deus, que chamou Gideão. O anjo do Senhor, que alguns identificam como o Jesus pré-encarnado, “apareceu a Gideão e lhe disse: ‘O Senhor está com você, poderoso guerreiro” (6:12). Depois, completou: “Coma força que você tem, vá libertar Israel das mãos de Midiã. Não sou Eu quem o está enviando?” (v. 14).

Gideão se via como o menor da casa de seus pais, mas Deus o encorajou, destacando seu potencial. O anjo não aceitou o arrazoado negativista do guerreiro. “”Eu estarei com você”, prometeu, “e você derrotará todos os midianitas como se fossem um só homem” (v. 16). Quando Gideão pediu um sinal, o mensageiro divino aceitou o desafio e mostrou que Deus estaria com ele.

“Então o Espírito do Senhor apoderou-se de Gideão”, diz o relato (6:34), sugerindo o segredo da vitória. Dos 32 mil soldados, Deus mandou Gideão ficar com apenas 300, menos de 1% do exército original, a fim de que Israel não se orgulhasse (7:2). O guerreiro talvez tenha feito uma rápida matemática na areia: 300 contra 135 mil = 450 máquinas de guerra para cada israelita (ver 8:10). Daria para encarar?

A história de Gideão mostra que Deus usa pessoas comuns para realizar coisas espetaculares, que Ele vê força onde parece haver apenas fraqueza, mas pode conseguir com poucos o que parece impossível com muitos. Nas mãos de Deus, “armas” improváveis (7:16) podem derrotar poderosos exércitos. Tudo o que Gideão e seus homens tiveram que fazer foi obedecer: tocar as trombetas, quebrar os jarros e gritar.

Se Deus o chamar para combater os inimigos de seu povo, vá em frente, sabendo que a batalha pertence ao Senhor. Você pode sentir-se o menor de seu clã, mas Deus o transformará no maior. Na história de Israel e da igreja, incontáveis conquistas extraordinárias foram obtidas por pessoas como você e eu. As pessoas que realizam grandes coisas para Deus não são grandes antes de inicia-las, mas depois de concluí-las. O sucesso é resultado do poder de Deus, não de nossa força.

Fonte

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s