[Off Toppic. Ou não] Berlin e Paris: Manifestações são organizadas na Europa em apoio aos protestos no Brasil

19311-paris_e_berlin.gif

Brasileiros que vivem no exterior e estrangeiros que ficaram indignados com a  ação violenta da polícia farão três manifestações na Europa

Duas manifestações em apoio aos protestos realizados no Brasil, contra o aumento da passagem de ônibus, estão sendo organizadas por meio do Facebook em Paris e Berlim. Os dois eventos estão sendo organizados por brasileiros que vivem no exterior e por estrangeiros que ficaram indignados com a  ação violenta da polícia para conter os manifestantes brasileiros.

Na Alemanha, a passeata será realizada no próximo domingo (16), às 18h de Brasília (13h do horário local). De acordo com a página criada no Facebook para convocar os manifestantes, eles irão tomar as ruas para apoiar os protestos que vem acontecendo no Brasil e porque “o povo de São Paulo, Rio e em algumas outras grandes cidades do Brasil tomou as ruas para lutar por uma melhor qualidade de vida e igualdade no país”, mas foi “massacrado pela polícia com gás lacrimogêneo, balas de borracha e cavalaria, durante a manifestação pacífica”.

Já na França, o protesto deverá ser realizado no dia 28 de junho, às 22h de Brasília (17h horário local). Na página do Facebook criada para organizar a manifestação, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, foi criticado porque “parabenizou a polícia por disciplinar os manifestantes” e o prefeito Fernando Haddad porque “se recusa a dialogar”.

“Mesmo que tenhamos um oceano de distância, nós, brasileiros no exterior, queremos demonstrar nossa recusa em aceitar a violência militar contra os protestos democráticos no Brasil. Contra a repressão policial, contra a barbárie dos governantes”, postaram os organizadores do evento.

Em Dublin, na Irlanda, “cartazes, bandeiras e instrumentos musicais” serão levados às ruas também no próximo domingo, a partir das 15h de Brasília (13h horário local), de acordo com a página do evento.

Segundo uma das líderes do Movimento Passe Livre (que organizou os protestos em São Paulo), Luiza Mandetta, “pelo menos 105 feridos durante o confronto, 50 na Paulista e 55 na Consolação”. Durante o quarto dia de protesto, na última quinta-feira (13), polícia deteve 242 pessoas e ao menos 16 profissionais da imprensa que trabalhavam na cobertura das manifestações ficaram feridos.

Fonte: http://www.geledes.org.br/areas-de-atuacao/questao-racial/violencia-racial/19311-berlin-e-paris-manifestacoes-sao-organizadas-na-europa-em-apoio-aos-protestos-no-brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s