[Exortação] 10 dicas para não se casar com a pessoa errada.

.

Com a taxa de divórcio acima de 50%, aparentemente muitas pessoas estão cometendo um grave erro ao decidir com quem pretendem passar o resto de sua vida. Para evitar tornar-se uma “estatística”, tente interiorizar estes dez pontos a fim de não entrar em uma “fria”.

1. Não queira alguém porque espera que ele/ela mude depois do casamento.

O erro clássico. A regra de ouro é: Se você não pode ser feliz com a pessoa como ela é agora, não se case. Portanto, quando se trata da espiritualidade, caráter, higiene pessoal, habilidade de se comunicar e hábitos pessoais de outra pessoa, assegure-se de que pode viver com estes como são agora.

2. Não escolha alguém se preocupando mais com a química do que com o caráter.

A química acende o fogo, mas o bom caráter o mantém aceso. Esteja consciente da síndrome “Estar apaixonado”. “Estou apaixonado” freqüentemente significa “Sinto atração física.” A atração está lá, mas você averiguou cuidadosamente o caráter dessa pessoa?

Aqui estão quatro traços de personalidade para serem definitivamente testados:

Humildade: Esta pessoa acredita que “fazer a coisa certa” é mais importante que o conforto pessoal?
Bondade: Esta pessoa gosta de dar prazer aos outros? Como ela trata as pessoas com as quais não tem de ser agradável? Ela faz algum trabalho voluntário? Faz caridade?
Responsabilidade: Posso confiar que esta pessoa fará aquilo que diz que fará?
Felicidade: Esta pessoa gosta de si mesma? Ela aprecia a vida? É emocionalmente estável?
Pergunte-se: Eu desejo ser como esta pessoa? Quero ter um filho com esta pessoa? Gostaria que meu filho se parecesse com ela?

3. Você fica com a pessoa errada porque o homem não entende aquilo que a mulher mais precisa.

Homens e mulheres têm necessidades emocionais específicas, e quase sempre, é o homem que simplesmente “não consegue.” A tradição judaica coloca sobre o homem o ônus de entender as necessidades emocionais de uma mulher, e de satisfazê-las.Para a mulher, o mais importante é ser amada – sentir que é a pessoa mais importante na vida do marido. O marido precisa dar-lhe atenção consistente e verdadeira.

4. Não escolha pessoa com quem você não partilha metas de vida em comum e prioridades.

Existem três maneiras básicas de nos conectarmos com outra pessoa:

  • Química e compatibilidade
  • Partilhar interesses em comum
  • Compartilhar o mesmo objetivo de vida

Assegure-se de que você compartilha o profundo nível de conexão que objetivos de vida em comum proporcionam. Após o casamento, os dois crescerão juntos ou crescerão separados. Para evitar crescer separado, você deve entender para que “está vivendo” enquanto é solteiro – e então encontrar alguém que tenha chegado à mesma conclusão que você.

5. Você escolhe a pessoa errada porque logo se envolve sexualmente.

O envolvimento sexual antes do compromisso de casamento é pecado e está fora dos planos de Deus para o homem.
Não é necessário fazer um “test drive” para descobrir se um casal é sexualmente compatível. Se você faz a sua parte e tem certeza que é intelectual e emocionalmente compatível, não precisa se preocupar sobre compatibilidade sexual. De todos os estudos feitos sobre o divórcio, a incompatibilidade sexual jamais foi citada como o principal motivo para as pessoas se divorciarem.

6. Não fique com quem você não tem uma profunda conexão emocional com esta pessoa.

Para avaliar se você tem ou não uma profunda conexão emocional, pergunte: “Respeito e admiro esta pessoa?”

Isso não significa: “Estou impressionado por esta pessoa?” Nós ficamos impressionados por um Mercedes. Não respeitamos alguém porque tem um Mercedes. Você deveria ficar impressionado pelas qualidades de criatividade, lealdade, determinação, etc.

Pergunte também: “Confio nesta pessoa?” Isso também significa: “Ele ou ela é emocionalmente estável? Sinto que posso confiar nele/nela?”

7. Não escolha alguém com quem não se sente emocionalmente seguro.

Faça a si mesmo as seguintes perguntas: Sinto-me calmo, relaxado e em paz com esta pessoa? Posso ser inteiramente eu mesmo com ela? Esta pessoa faz-me sentir bem comigo mesmo? Um outro aspecto de sentir-se seguro é que você não sente que a outra pessoa está tentando controlá-lo. Controlar comportamentos é sinal de uma pessoa abusiva. Esteja atento para alguém que está sempre tentando modificá-lo. Há uma grande diferença entre “controlar” e “fazer sugestões.” Uma sugestão é feita para seu benefício; uma declaração de controle é feita para o benefício de outra pessoa.

8. Não fique com quem você não tem liberdade para abrir o coração e conversar.

Tudo aquilo que o aborrece no relacionamento deve ser trazido à baila para discussão. Falar sobre aquilo que incomoda é a única forma de avaliar o quão positivamente vocês se comunicam, negociam e trabalham juntos. No decorrer de toda a vida, as dificuldades inevitavelmente surgirão. Você precisa saber agora, antes de assumir um compromisso: Vocês conseguem resolver suas diferenças e fazer concessões que sejam boas para ambas as partes?

Nunca tenha receio de deixar a pessoa saber aquilo que o incomoda. Esta é também uma maneira para você testar o quanto pode ficar vulnerável perante esta pessoa. Se você não pode ser vulnerável, então não pode ser íntimo. Os dois caminham juntos.

9. Não use o relacionamento para escapar de problemas pessoais e da infelicidade.

Se você é infeliz e solteiro, provavelmente será infeliz e casado, também. O casamento não conserta problemas pessoais, psicológicos e emocionais. Na melhor das hipóteses, o casamento apenas os exacerbará.

Se você não está feliz consigo mesmo e com sua vida, aceite a responsabilidade de consertá-la agora, enquanto está solteiro. Você se sentirá melhor, e seu futuro cônjuge lhe agradecerá.

10. Não fique com alguém que está envolvido(a) emocionalmente com outra pessoa achando que ele(a) vai mudar por sua causa.

Assegure-se de que você e seu parceiro estejam livres de triângulos. A pessoa apanhada em um triângulo não pode estar emocionalmente disponível por completo para você. Você não será a prioridade número um. E isso não é base para um casamento. Isso pode levar até a um futuro adultério.

Um relacionamento sadio vive sim num triângulo amoroso: homem, mulher e Deus – que une e abençoa o relacionamento de quem o recebe.

Autor: Dov Helle

Fonte: http://comunidadevale.webnode.com.br/

2 pensamentos sobre “[Exortação] 10 dicas para não se casar com a pessoa errada.

  1. Olá …
    achei muito banaca seu blog.
    Tenho um problema sério com meu casamento, eu e meu marido nos casamos e não eramos cristão, hoje somos. Ocorre que ele apenas btizou e parece que a palavra não entra no coração dele, e isso nos prejudica muito preincipalmente a mim e ao meu filho de 2 e seis.
    Gostaria de uma orientação sobre o que fazer, porque ele é muito imanuto, agressivo, estupido e coloca a familia dele (mãe) em primeiro lugar, ele casou comigo mas, não disvincula da mãe e isso nos causa muitos conflitos pq ele quer tomar atitudes orientadas por ela e na maioria das vezes não tem haver com a palavra e com o que é melhor para nós três e sim apenas para ele.
    Eu me sinto muito injustiçada no meu casamento e sou muito angustiada por td isso, porque segunda a palavra nã podemos nos separar.
    Olha eu olhei um outro artigo seu, onde fala sobre a função do homem no lar, seria mto bom se de fato ocorresse isso, porque não vejo e não conheço homens assim, as mulhres e filhos estão pagando o preço.

    Eu acho que os cultos cristãos deveriam focar por tempos em tempos nesta questão para reenducar e educar os homens jovens para fazer diferente para com as novas moças dessa geração. Porque como vc mesmo havia dito as igrejas estão cheis de mulhres justamente pq são ass que mais sofrem!!!

    Aguardo uma resposta,

    Obrigada!

    Lhaiane Lima

    • Paz minha amada… Perdão pela demora, mas foi por uma boa causa…

      Acabei de editar um vídeo do Pr. Paul Waher que diz respeito ao Casamento e seu próposito divino em nós…

      Seria interessante você compartilhar suas aflições com o seu Pastor, seu líder esperitual… Ele possivelmente poderá lhe dar conselhos da parte de Deus!

      De qualquer forma, rogo que assista à Palestra abaixo, pois poderá ajudá-la a entender, aceitar e fazer a coisa certa, além de aprender a descansar na soberania de Deus…

      Pode fazer o download do vídeo(segundo as instruções abaixo), compartilhar com seu Pastor e, quem sabe, pedí-lo para entregar o mesmo ao seu Marido, como se você não soubesse, para que ele possa refletir e mudar…

      A esposa deve ganhar sem Marido no silêncio… só com o exemplo de vida…

      Sei que está passando por tempos difíceis, mas persevere, pois Deus faz com que todas as coisas cooperem para o bem daqueles que o amam!! Tenha bom ânimo e converse com o seu Pastor! Talvez vocês dois necessitarão de conselhos de seu Líder espiritual!

      – Como eu faço o download dos vídeos? Siga os passos abaixo!

      1) Inicialmente, clique no vídeo para dar incício.

      2) Você verá, no canto superior esquerdo, a palavra “Share“. Clique nela.

      3) Surgirá uma pequena Janela com 4 Botões. Clique em “Download Vídeo“.

      4) Outra janela surgirá com as opções “Abrir com” e “Download“. Selecione “Download“, caso já não o esteja. E clique em “Ok“. Pronto! Agora é só esperar!

      Jesus a abençoe!! Qlqr outra dúvida pode perguntar… será um prazer ajudar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s