[Apostasia] Os evangélicos e o culto ao corpo.

Porque o exercício corporal para pouco aproveita, mas a piedade para tudo é proveitosa, tendo a promessa da vida presente e da que há de vir. “
1 Timóteo 4:8

Vamos malhar, vamos malhar! Corre, pula, salta, levanta peso, triceps, biceps, abdominal, o negócio é ficar sarado, malhadão, gostosão. (Misericóooodiaaa!!)

Outro dia ouvi um rapaz dizendo: “A mulherada pira diante de um tanquinho.” Uma moça, evangélica afirmou toda orgulhosa: “gosto de malhar porque eu fico gostosona.

Caro leitor, o culto ao corpo é uma triste realidade evangélica. Lamentavelmente milhares de moças e rapazes lotam as academias com o objetivo único de endeusarem a sim mesmos.

Pois é, com a pressão dos ideais de beleza impostos pela indústria da moda e alimentados pela mídia, a valorização do corpo perfeito tornou-se uma obsessão tupiniquim. Hoje cada vez mais pessoas buscam formas de transformar o físico, em busca da perfeição de acordo com os padrões mundanos. Doenças como anorexia, bulimia e vigorexia [transtorno caracterizado pela prática de exercícios físicos em excesso] tomaram um vulto assustador. Muitos colocam suas vidas em risco, consumindo remédios para emagrecer e anabolizantes ou até mesmo fazendo cirurgias desnecessárias.”

O que falar então das roupas usadas pelas moças?(ver aqui, o padrão das vestes cristãs) Confesso que fico assustado com as malhas que algumas evangélicas tem usado nas academias. Calças justíssimas, tops apertadíssimos  infelizmente fazem parte da vestimenta evangélica. Pra piorar a situação, muitas dessas moças saem as ruas vestidas a caráter despertando sensualidade ( isso é obra da carne – Gl 5:19) a todos aqueles que por elas passam. Lembrem-se que a Bíblia diz:

“Assim que não nos julguemos mais uns aos outros; antes seja o vosso propósito não pôr tropeço ou escândalo ao irmão.”

Romanos 14:13

Prezado amigo, exercícios físicos são saudáveis e fazem bem. Cuidar do corpo é mais do que obrigação do cristão, entretanto, se a motivação do que se exercita não é glorificar ao Senhor através de uma saúde perfeita, peca contra o Eterno, fazendo do corpo, um instrumento de idolatria.

Isto posto, aconselho a todos aqueles que se esmeram em exercícios físicos que avaliem de forma sincera os reais objetivos de tanta malhação.

Naquele que sonda as reais motivações do coração,

Renato Vargens